Show simple item record

dc.contributor.authorPiazza, Ligia Debonept_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Biológicas. Programa de Pós-Graduaçao em Botânicapt_BR
dc.contributor.otherBona, Cleusa, 1966-pt_BR
dc.contributor.otherSmidt, Eric de Camargopt_BR
dc.date.accessioned2013-09-18T19:15:23Z
dc.date.available2013-09-18T19:15:23Z
dc.date.issued2013-09-18
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/32097
dc.description.abstractResumo: O gênero Bulbophyllum Thou. possui distribuição pantropical; no Neotrópico, é dividido em seis seções Bulbophyllum sect. Bulbophyllaria, Furvescens, Didactyle, Micranthae, Napelli e Xiphizusa, baseadas na filogenia molecular. A problemática do trabalho é a incongruência quanto ao posicionamento taxonômico das espécies basais das seções Didactyle, Micranthae e Xiphizusa quando se utiliza análises moleculares, uma vez que as características morfológicas externa não sustentam estes indivíduos nas seções em que estão inseridas. Este trabalho teve por objetivo caracterizar anatomicamente os órgãos vegetativos de Bulbophyllum presentes no Neotrópico, utilizando como grupo externo comparativo espécies da África e Ásia e uma espécie do gênero Dendrobium; levantar caracteres anatômicos que auxiliem a filogenia do grupo e estudar a evolução desses caracteres. Amostras de raiz, pseudobulbo e lâmina foliar de 35 espécies foram analisadas em microscopia de luz e eletrônica de varredura. Foram levantados 33 caracteres anatômicos, que também auxiliaram na descrição das seções. Desses 33 caracteres, 28 binários e cinco multiestados, onde 30 são qualitativos e três quantitativos. Destes, nove são sinapomórficos e 4 não informativos. Os caracteres anatômicos não resolveram as politomias de Bulbophyllum. A evolução dos caracteres permitiu a identificação dos caracteres que agrupam as espécies dentro de quase todas as seções pré-estabelecidas pela filogenia molecular, com exceção de Napelli. Sendo o caráter lignificação da parede periclinal externa das células epidérmicas da lâmina foliar diagnóstico para Micranthae. Os caracteres que permitiram esse agrupamento foram: cutícula moderadamente espessa e bem espessa (dependendo da seção), mesofilo heterogêneo, cristais de oxalato de cálcio dos tipos ráfides, drusas e prismáticos presentes no mesofilo, número de feixes vasculares na lâmina foliar e cutícula moderadamente espessa a espessa no pseudobulbo. O presente trabalho permitiu concluir que caracteres anatômicos vegetativos com maior valor taxonômico são encontrados nas lâminas foliares; estes caracteres não foram suficientes para resolver as politomias entre as espécies do gênero, porém permitiram avaliar como está à evolução dos mesmos nas seções pré-estabelecidas por filogenia molecular.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectDissertaçõespt_BR
dc.titleEvolução dos caracteres anatômicos dos órgãos vegetativos de espécies de Bulbophyllum Thouars (Orchidaceae, Epidendroideae) neotropicaispt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record