Show simple item record

dc.contributor.advisorMessias, Iara Jose Taborda de, 1958-pt_BR
dc.contributor.authorResener, Tania Denisept_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Parana. Departamento de Pediatriapt_BR
dc.date.accessioned2013-09-06T19:14:44Z
dc.date.available2013-09-06T19:14:44Z
dc.date.issued2013-09-06
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/31999
dc.description.abstractResumo: Com o objetivo de avaliar o sistema complemento no recém-nascido e sua relação com grau de maturidade e crescimento Intra-útero, determinaram-se os níveis sérlcos de C3, C4 e CH5Q em 21 recém-nascidos pré-termo, 40 recém-nascidos de termo PIG e 76 recém-nascidos de termo AIG e, através de detecção de produtos de clivagem - C3d e - C4d foi avaliada a ativação do sistema complemento no sangue do cordão dos recém-nascidos. Os níveis de IgG também foram determinados em todas as crianças. Os níveis de C3 ao nascer guardaram correlação positiva com a idade gestacional, sendo os valores das crianças pré-termo significativamente mais baixos que nas crianças de termo. Não houve diferença signiflvativa nos níveis de C3 entre as crianças de termo PIG e de termo AIG. As concentrações de C4, ao nascimento, guardaram correlação positiva com idade gestacional e peso de nascimento, sendo os valores observados superiores nos recém-nascidos de termo e, quando comparados os recém-nascidos de termo com diferentes pesos de nascimento, os valores nos recém-nascidos PIG foram significativamente inferiores aos de termo AlG. Os níveis de CHS0 no sangue do cordão guardaram correlação positiva com a idade gestacional e não houve diferença significativa entre os níveis de crianças com peso de nascimento adequado para a Idade gestacional e crianças com retardo do crescimento lntra-uterino. O C4d, produto de clivagem de C4, e C3d< fragmento de Cg, não foram detectados no plasma de nenhum recém-nascido, demonstrando não haver ativação do sistema complemento pela via Clássica e Alternativa, pelo método empregado. Foi observada uma correlação positiva de IgG com idade gestacional e peso de nascimento, sendo os valores mais elevados quanto maior a idade gestacional e quanto maior o peso de nascimento. Os resultados apresentados podem ser utilizados como referência para a população com as mesmas características .pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectRecém-nascidospt_BR
dc.subjectSangue fetalpt_BR
dc.subjectImunoglobulina Gpt_BR
dc.subjectComplementos (Imunologia)pt_BR
dc.subjectMaturidade fetalpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleAvaliação do sistema complemento e da imunoglobulina G no sangue do cordão umbilical de recem-nascidospt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record