Show simple item record

dc.contributor.advisorRosario Filho, Nelson Augusto, 1949-pt_BR
dc.contributor.authorTrippia, Simone Maria de Godoypt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Parana. Setor de Ciencias da Saúdept_BR
dc.date.accessioned2013-09-05T21:38:06Z
dc.date.available2013-09-05T21:38:06Z
dc.date.issued2013-09-05
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/31996
dc.description.abstractResumo: A asma e uma doenca de carater genetico cuja prevalencia esta aumentando, com isto toma-se necessaria a realizacao de estudos epidemiologicos com a finalidade de determinar os fatores que estao envolvidos na patogenese desta doenca. Os objetivos deste estudo foram: validar o questionario do ISAAC e determinar a prevalencia de asma e atopia na amostra estudada. O questionario ISAAC, instrumento de estudos epidemiologicos, foi validado em criancas de 13 e 14 anos, com asma (n=32) e controles nao asmaticos (n=32). Seis perguntas que procuraram identificar fatores de risco para doencas alergicas foram acrescentadas ao questionario original. A validacao demonstrou maior especificidade que sensibilidade e boa reprodutibilidade do questionario. Apos esta etapa, o questionario foi aplicado em 3271 escolares na mesma faixa etaria, da Rede Publica e Particular de Curitiba, acompanhado da realizacao de TCA com extrato do acaro D. pteronyssinus. Foi observado TCA positivo ao D. pteronyssinus em 31,3% dos 3271 criancas. Do total de alunos, 28% referiram chio de peito no ultimo ano, sendo que destes, 4% tiveram mais de 4 crises nos ultimos 12 meses. A resposta afirmativa a pergunta sobre diagnostico de asma foi verificada em 8% da amostra avaliada, indice baixo e que reforca as dificuldades com o correto diagnostico da asma. Com relacao as perguntas inseridas, 36% responderam que o po de casa provocava tosse ou chio e 57% referiram casos de alergia na familia. Ao utilizar os criterios da "Provavel asma" para selecionar os alunos, a prevalencia de asma em Curitiba foi de 17,3%. Ao associar a estes criterios, a positividade do TCA a especie de acaro testada, a prevalencia de asma passa a ser de 8,6%. Dos alunos que responderam de modo afirmativo a pergunta sobre chio nos ultimos 12 meses, 410/3271 (45%) tiveram TCA positivo ao D. pteronyssinus. Dos 130 que afirmaram ter mais de 4 crises ao ano, 82 (63%) tambem apresentaram positividade ao TCA a mesma especie de acaro. Com base na pergunta sobre o diagnostico de asma, dos 268 que afirmaram ter asma, 153 (57%) tiveram TCA positivo. Esta frequencia e mais alta do que a observada em geral ( 31,3%) e reforca a sensibilidade da pergunta sobre o diagnostico. Na segunda fase deste estudo, 203 alunos foram selecionados com base nas respostas ao questionario e agrupadas em asma ou controle, caso preenchessem os criterios de "Provavel asma" ou tivessem respostas negativas a todas as perguntas do questionario. Alem disto, foram subdivididos conforme apresentassem TCA positivo ou negativo ao D. pteronyssinus. As criancas do grupo asma e TCA positivo , foram as que apresentaram maior numero de respostas positivas a prova de metacolina e maior frequencia de sensibilizacao aos outros alergenos testados, quando comparadas aos outros tres grupos. Dos 50 alunos do grupo asma e TCA negativo que iniciaram o exame de HRB a metacolina, apenas 34 atingiram a concentracao final de 8mg/ml, assim como 26 dos 52 pertencentes ao grupo asma com TCA positivo. Os alunos dos grupos controles, tiveram menor indice de HRB. Dos 203 alunos que participaram da segunda fase, 113 apresentaram TCA positivo a Blomia tropicalis. No grupo "Provavel asma", 66 tinham TCA positivo a Blomia tropicalis, o que mostra a importancia desta especie de acaro. A provocacao pelo exercicio nao foi considerada um bom metodo de triagem para a asma e apenas 3 dos 203 alunos tiveram prova positiva, com reducao maior que 15% no PFE apos o exercicio. O TCA e a prova de metacolina, associados ao questionario ISAAC, aumentaram a sensibilidade deste instrumento e permitiram obter dados mais confiaveis sobre a prevalencia de asma em nossa populacao.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectAsmapt_BR
dc.subjectAsma em criançaspt_BR
dc.subjectAsma - Adolescenciapt_BR
dc.titlePrevalencia de asma e atopia em escolares de 13 e 14 anos na cidade de Curitibapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record