Mostrar registro simples

dc.contributor.advisorCunha, Claudio Leinig Pereira dapt_BR
dc.contributor.authorRamos Filho, Niazypt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Parana. Setor de Ciencias da Saúdept_BR
dc.date.accessioned2013-09-04T20:02:18Z
dc.date.available2013-09-04T20:02:18Z
dc.date.issued2013-09-04
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/31972
dc.description.abstractResumo: A preocupação com a estimativa do prognóstico para os doentes graves tem motivado a criação de sistemas de escores que tentam quantificar a gravidade das doenças para melhor prever o prognóstico dos pacientes. Dentre os vários sistemas de escore foi escolhido oAPACHE II (Acute Physiology and Chronic Health Evaluation) para ser o motivo deste estudo, que tem por objetivo estabelecer a sua vai idade, a sensibi I idade, a especificidade e qual a estimativa de óbito mais fiel, para o nosso meio. Foram estudados 275 pacientes internados consecutivamente no Serviço de Emergência de adultos do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná. Na admissão os pacientes receberam um escore, o qual é baseado em dados fisiológicos ( pressão arterial, freqüência cardíaca, freqüência respiratória, temperatura, pressão arterial do oxigênio, sódio, potássio, creatinina, volume globular, contagem de leucócitos, bicarbonato epH ). Como mesmo escore foram acompanhados durante a internação até o evento final (alta hospitalar ou óbito). O índice Apache II (Knaus, 1981), relaciona escore com estimativa de óbito. De forma aleatória, foram escolhidas as estimativas de25%, 50% e 70% como possíveis "zonas de viragem", com intuito de se avaliar em qual o índice é mais "fiel". Para a estimativa de25%asensibilidadefoi de 22,03%, a especificidade de 85,99%, acurácia positiva de 54,17% e a negativa de 59,47%. Para a "zona de viragem" em 50%, a sensibilidade foi de 50%, a especificidade foi de 84,03%, a acurácia positiva 12,5% e a negativa 97,33%. Por sua vez, a estimativa de 70% teve uma especificidade de 82,78%, uma sensibilidade de 50%, uma acurácia positiva de 2,08% e negativa de 99,06%. Pelo presente estudo foi possível concluir que o sistema de escore APACHE II éum índice útil, porém possui limitações se for calculado apenas na admissão. A determinação de "zonas de viragens" tem um valor relativo, já que nas estimativas baixas há maior acurácia positiva e especificidade, entretanto a sensibilidade diminue. A "zona de viragem" em 50% possui boa sensibilidade (50%) e especificidade (84,03%).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectPrognósticopt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleEstudo critico do indice prognostico APACHE IIpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Arquivos deste item

Thumbnail

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples