Show simple item record

dc.contributor.authorBatista, Araína Hulmannpt_BR
dc.contributor.otherMotta, Antonio Carlos Vargas, 1963-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Ciencia do Solopt_BR
dc.date.accessioned2013-09-02T14:37:13Z
dc.date.available2013-09-02T14:37:13Z
dc.date.issued2013-09-02
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/31877
dc.description.abstractResumo: Elevada acidez e baixa disponibilidade de bases trocáveis provavelmente sejam os fatores responsáveis pela ocorrência de sintomas de severa deficiência nutricional e baixa produtividade em extensas áreas de plantio de Pinus taeda L. no pólo florestal de Jaguariaíva, PR. Objetivando-se contribuir para o adequado diagnóstico da área afetada e estabelecer possíveis medidas de recuperação, avaliou-se o efeito da calagem e adubação superficial no pH e teores trocáveis de Al3+, K+, Ca2+ e Mg2+ no solo de duas áreas sob plantio de Pinus taeda com cinco anos de idade. Foram avaliados ainda os teores de K+, Ca2+ e Mg2+ no litter e acículas das árvores. Sete tratamentos foram utilizados: (i) Completo (N, P, K, Zn, Cu, B, Mo e calcário); (ii) omissão de N, P e K; (iii) omissão de Zn, Cu, B e Mo; (iv) omissão de K; (v) omissão de Zn; (vi) omissão de calcário; (vii) testemunha. Os fertilizantes e o calcário foram aplicados manualmente em duas vezes, a primeira em outubro de 2008 e a segunda em janeiro de 2010. As amostras de solo foram coletadas em agosto de 2010 em cinco profundidades: 0-5, 5-10, 10-20, 20-40, 40-60 cm, para análise de pH em CaCl2 e Al3+, K+, Ca2+ e Mg2+ trocáveis. A coleta do litter ocorreu simultaneamente ao solo, dividindo-os em litter novo (Ln) e litter alterado (Lv) para análise dos teores totais de K+, Ca2+ e Mg2+. Com este mesmo objetivo foram coletadas as acículas do primeiro e segundo lançamentos em novembro de 2009 e novembro de 2010, e neste último ano também acículas do pendão. Os resultados foram submetidos à análise de variância e teste de Duncan a 5% de probabilidade. O uso do corretivo proporcionou aumento no pH, Ca2+ e Mg2+ e decréscimo de Al3+ e saturação por Al até 10 cm de profundidade. Houve diferença para o K+ até 40 cm de profundidade na área II e 20 cm na área I. Altos teores de Ca2+ e Mg2+ foram observados no Lv, sugerindo que houve retenção dos dois elementos pela serapilheira. Os teores de K+ no litter e acículas demonstraram que houve absorção pelas árvores de parte do K+ adicionado ao solo. Em contrapartida, a baixa mobilidade do Ca2+ favoreceu pequena absorção deste nutriente pelas plantas com comportamento similar observado para o Mg2+. Os dois cátions tiveram sua absorção reduzida na presença do K+, demonstrando efeito antagônico entre eles e destacando a importância da calibração das doses de corretivos e fertilizantes fornecidas para plantios florestais.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectDissertaçõespt_BR
dc.subjectSolos acidospt_BR
dc.subjectCalagem dos solospt_BR
dc.subjectPinus taeda - Adubos e fertilizantespt_BR
dc.titleInfluência da calagem e adubação na acidez do solo e ciclagem de K+, Ca2+ e Mg2+ em plantios de Pinus Taeda L. no Pólo Florestal de Jaguariaíva - PRpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record