Show simple item record

dc.contributor.advisorLima, Valmiqui Costa, 1943-pt_BR
dc.contributor.authorSa, Marcia Freire Machadopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Ciencia do Solopt_BR
dc.date.accessioned2013-08-12T18:01:32Z
dc.date.available2013-08-12T18:01:32Z
dc.date.issued2013-08-12
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/31828
dc.description.abstractResumo: A falta de informação à cerca da gênese dos solos da região dos Campos Gerais-PR, motivou a realização deste trabalho. A pesquisa foi conduzida em uma área de 375 ha, cujo material de origem dos solos é constituido essencialmente por sedimentos clásticos do período devoniano. As superfícies geomórfícas e unidades de mapeamento de solos foram identificadas, caracterizadas e mapeadas. Procedeu-se também à compartimentação das vertentes em segmentos. Foram traçadas seis transeções, nas quais 135 pontos foram amostrados em superfície e subsuperfície, material com o qual foram realizadas análises granulométricas e químicas de rotina. Foram ainda efetuadas análises da mineralogía e micromorfologia em amostras de cinco perfis, localizados em pontos estratégicos . Os atributos físicos e químicos dos solos foram comparados nas dez unidades de mapeamento de solos e quatro superfícies geomórfícas identificadas. Nestas também foram inferidas suas idades relativas. Elaborou-se uma seqüência hipotética para a evolução da paisagem e formação das superfícies geomórfícas. Observou-se maior variabilidade de solos nas superfícies mais jovens e erosionáis do que nas mais antigas e deposicionais. Os segmentos de vertente meia encosta e topo, foram os que apresentaram maior e menor diferenciação de solos, respectivamente. Detectou-se a ocorrência de um depósito superficial recobrindo a formação Furnas, em posição de cimeira, formado à partir de material retrabalhado das formações Ponta Grossa e Furnas, responsável pelo comportamento diferenciado de vários atributos. Houve decréscimo regular nos valores de pH, % de argila e saturação por bases, e, elevação, da % de areia, saturação por alumínio, CTC/100g de argila e da relação silte/argila, da superfície geomórfica mais antiga para a mais recente. Observou-se que a tendência do comportamento de vários atributos dos solos, pode ser quantitativamente estimada através de equações de regressão com o parâmetro DT (distância do topo). A identificação de alguns fatores, tais como; mudança no material de origem, tipo de superfícies geomórfícas e suas idades relativas, posição ocupada pelos solos na vertente, formação de crostas ferruginosas em subsuperfície; facilitaram a compreensão da organização espacial dos solos na paisagem.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectGeomorfologia - Ponta Grossa (PR)pt_BR
dc.subjectIntemperismopt_BR
dc.subjectSolos - Formaçãopt_BR
dc.subjectSolo e paisagempt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleInfluencia do material de origem, superficies geomorficas e posição na vertente nos atributos de solos da região dos Campos Gerais, PRpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record