Show simple item record

dc.contributor.authorDal'Sant, Sheila Rossanapt_BR
dc.contributor.otherBiasi, Luiz Antoniopt_BR
dc.contributor.otherPetri, José Luizpt_BR
dc.contributor.otherHawerroth, Fernando Josépt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Agronomiapt_BR
dc.date.accessioned2013-08-12T11:24:30Z
dc.date.available2013-08-12T11:24:30Z
dc.date.issued2013-08-12
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/31798
dc.description.abstractResumo: Estudos anteriores mostram que o plantio de cultivares polinizadoras são usuais na produção comercial de macieiras e esta prática não garante produções satisfatórias ao longo dos anos. Com inverno ameno, ocorrente no Sul do Brasil, as exigências em frio de muitas frutíferas temperadas não são completamente suficientes, determinando que cultivares com distintos requerimentos em frio apresentem grande variabilidade no período de florescimento, de um ano para outro. Nessas condições de irregularidade na ocorrência de frio durante o período hibernal, é freqüente a não sincronização do florescimento das principais cultivares e suas respectivas polinizadoras, repercutindo em baixa frutificação e irregularidade da produção. Além disso, baixas produções podem ocorrer em condições adversas a polinização, como ocorrência de chuvas durante o florescimento, deficiência de insetos polinizadores e intensidade e floração reduzida. Sob tais condições, a frutificação pode ser maximizada pelo uso de reguladores vegetais, que tendem a melhorar a frutificação efetiva e os componentes da produção das cultivares de macieiras. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da aplicação dos reguladores vegetais prohexadione de cálcio nas doses de (55, 110, 220 mg L-1), GA4+7 9 mg L-1+ BA 9 mg L-1 e thidiazuron 10 mg L -1, isoladamente e em mistura visando o aumento da frutificação efetiva e produção de macieiras 'Imperial Gala' em um pomar comercial no município de Fraiburgo, SC. O delineamento experimental foi blocos ao acaso com 12 tratamentos e 6 repetições de uma planta por parcela, foi utilizado volume de calda de 1000 L ha-1. Analisou-se as seguintes variáveis: frutificação efetiva, comprimento médio dos frutos, diâmetro médio dos frutos, relação comprimento/diâmetro dos frutos, número de sementes por fruto, massa média dos frutos, massa dos frutos por planta, número de frutos por planta, porcentagem de superfície vermelha de epiderme inferior a 50%, entre 50% a 80%, e acima de 80%, firmeza de polpa, sólidos solúveis totais e índice de degradação de amido. Na frutificação efetiva, os tratamentos PCa 220 mg L-1 + TDZ e TDZ isolado foram superiores a aplicação de GA4+7 + BA isolado. Para produção por planta e número de frutos por planta observou-se que a safra 2009/2010 foi superior a safra 2010/2011. Na relação C/D dos frutos o tratamentos PCa 110 mg L-1 + GA4+7 + BA foi superior aos tratamentos testemunha, PCa 55 mg L-1 isolado e TDZ isolado, não diferindo dos demais tratamentos. Para superfície vermelha de epiderme os tratamentos GA4+7 + BA e a testemunha foram superiores a todos os tratamentos com TDZ e não diferiram dos demais. Para firmeza de polpa o tratamento PCa 220 mg L-1 + TDZ 10 mg L-1 foi superior aos tratamentos testemunha, PCa isolados e PCa na mistura com GA4+7 + BA, não diferindo dos demais tratamentos. O TDZ e GA4+7 + BA reduziram o número de sementes, mas não alteraram o formato dos frutos. O PCa na mistura com TDZ quando aplicado na floração não elimina o efeito de retardar a maturação causado pelo TDZ. Safras com deficiência de polinização o uso de PCa 220 mg L-1 + TDZ 10 mg L-1 melhora a fixação dos frutos.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectDissertaçõespt_BR
dc.titleReguladores vegetais na frutificação e produção da macieira 'Imperial Gala'pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record