Show simple item record

dc.contributor.authorFávaro, Carla Fernandapt_BR
dc.contributor.otherZarbin, Paulo Henrique Gorgattipt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Exatas. Programa de Pós-Graduaçao em Químicapt_BR
dc.date.accessioned2013-07-31T13:08:18Z
dc.date.available2013-07-31T13:08:18Z
dc.date.issued2013-07-31
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/31671
dc.description.abstractResumo: Os percevejos produzem principalmente dois grupos de voláteis, os compostos defensivos (aleloquímicos) e os feromônios de atratividade (agregação e sexual). Os compostos defensivos são produzidos pelos insetos imaturos nas glândulas abdominais dorsais (DAGs) e os adultos os produzem na glândula metatorácica (MTG). O conteúdo das DAGs e da MTG de Pallantia macunaima, Pellaea stictica e Agroecus griseus, foi analisado e caracterizado. A maioria dos compostos encontrados foi semelhante aos de outras espécies de Pentatomidae, sendo eles hidrocarbonetos alifáticos, aldeídos, oxo-alcenais e ésteres. No entanto, dois compostos presentes na MTG de A. griseus são inéditos para esta família. Análises de espectrometria de massas (CG-EM) e espectroscopia de infravermelho (CG-IVTF), juntamente coinjeções em CG com padrões sintéticos confirmaram as estruturas químicas destes compostos como acetato de (S)-2-metilbutila e acetato de 3-metil-2-butenila. Visando a identificação do feromônio sexual de cada uma destas espécies, os voláteis liberados por insetos adultos, machos e fêmeas, foram coletados por meio de técnicas de aeração. Na comparação dos resultados das análises dos extratos por CG, foi possível observar a presença de um composto macho-específico para cada espécie, que teve sua atividade biológica confirmada apenas para as fêmeas através de bioensaios laboratoriais. Análises de CG-EM e CG-IVTF dos compostos naturais e seus derivados, sugeriram uma cetona com ramificações metílicas na cadeia carbônica como o composto macho-específico de P. macunaima e um álcool, também com ramificações metílicas, para P. stictica. Após a síntese de três diferentes estruturas propostas para cada composto natural, estas moléculas foram identificadas como 6,10,13-trimetiltetradecan-2-ona e 2,4,8,13-tetrametiltetradecan-1-ol, respectivamente. Bioensaios com a cetona sintética confirmaram a identificação do feromônio sexual de P. macunaima. Para P. stictica, a atividade biológica do álcool sintético ainda deve ser verificada. As análises dos espectros de massas e infravermelho do composto macho-específico de A. griseus levou à identificação do 2,6,10-trimetiltridecanoato de metila, que teve sua função confirmada como feromônio sexual através de bioensaios com fêmeas de A. griseus.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectPragas agricolaspt_BR
dc.subjectPercevejo (Inseto)pt_BR
dc.titleEcologia química dos percevejos Agroecus griseus, Pallantia macunaima e Pellaea stictica (Heteroptera: Pentatomidae)pt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record