Show simple item record

dc.contributor.advisorGediel, Jose Antonio Perespt_BR
dc.contributor.authorIzolan, Emmi Maria Matiaspt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Parana. Setor de Ciencias Juridicas. Curso de Graduação em Direitopt_BR
dc.date.accessioned2013-07-10T12:05:54Z
dc.date.available2013-07-10T12:05:54Z
dc.date.issued2013-07-10
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/31238
dc.description.abstractResumo: O objetivo do presente trabalho é a análise do direito construído na modernidade europeia ocidental a partir da teoria de Bernard Edelman, que pensa o direito como qualificador e classificador da realidade. Mais especificamente, trabalha-se com a questão do corpo humano forjado na modernidade e sua tratativa jurídica, isto é, como esse corpo moderno é qualificado e classificado pelo direito e quais são os efeitos desse processo. De outra parte, ressalta-se ser a atuação do direito como classificador redutora da realidade social, principalmente se considerarmos outras configurações culturais, como as existentes nas sociedades indígenas, inegavelmente presentes no Brasil. Com base em estudos da antropologia e da etnologia indígena, reconhecem-se as concepções diferenciadas sobre o corpo existentes nessas comunidades e que são desconsideradas pelo jurídico. Aplicamse a esses povos as categorias construídas pelo direito com base nas noções modernas, como sujeito de direito e autonomia, não condizentes com a sua cultura, da mesma forma se tomarmos como base a medicina e suas terapiaspt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectPluralismo culturalpt_BR
dc.subjectCorpo humano (Filosofia)pt_BR
dc.titleO direito como classificação e a diversidade culturalpt_BR
dc.typeMonografia Graduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record