Show simple item record

dc.contributor.authorHaak, Letíciapt_BR
dc.contributor.otherOliveira, Fabiano Antonio dept_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias da Terra. Programa de Pós-Graduaçao em Geografiapt_BR
dc.date.accessioned2013-11-14T12:49:23Z
dc.date.available2013-11-14T12:49:23Z
dc.date.issued2013-11-14
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/31026
dc.description.abstractResumo: A bacia hidrográfica do rio Cubatão do Norte, com 492 km2, é considerada uma das principais bacias hidrográficas da região nordeste de Santa Catarina e constitui o principal contribuinte hídrico do Complexo Estuarino da Baía da Babitonga. A bacia hidrográfica objeto do estudo abrange três ambientes distintos como o planalto, as escarpas da Serra do Mar e a planície costeira, o que implica em uma importante variação do relevo e de suas características internas. Dessa forma, os sedimentos presentes no leito do rio Cubatão e de seus principais afluentes diferem em relação às suas características granulométricas e mineralógicas. A pesquisa teve como objetivo principal caracterizar os sedimentos de fundo de tamanho inferior a grânulos presentes no leito do rio Cubatão do norte e em alguns de seus afluentes, por meio da análise de sua distribuição espacial e de suas características granulométricas e mineralógicas. Efetuou-se a coleta de amostras de sedimentos em 21 pontos de amostragem distribuídos segundo critérios que contemplassem as diferentes características físicas e ambientes existentes na bacia hidrográfica em estudo. Os resultados indicam que o tamanho das frações granulométricas dos sedimentos distribuídos ao longo do rio principal e seus principais afluentes não ocorrem de forma homogênea ao longo do percurso, e não há uma redução progressiva do tamanho dos grãos de montante para jusante. A variação topográfica e a diferença na velocidade do fluxo foram considerados os principais fatores para justificar esta discrepância. A fração de areia média foi encontrada em todos os pontos de amostragem, predominando em todo o percurso do rio e prevalecendo em áreas menos íngremes do planalto e da planície costeira. A fração de grânulos foi encontrada em ambientes com fluxo mais intenso e em áreas próximas a setores com significativo desnível topográfico. As frações de areia fina, silte e a argila foram menos frequentes e estão distribuídas de forma desigual ao longo da área de estudo. Foram identificados 18 minerais ao longo do percurso do rio Cubatão do norte. Os minerais que apresentaram maior incidência nos pontos amostrados foram o quartzo e a albita.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectDissertaçõespt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectMateriais granuladospt_BR
dc.subjectSedimentos estuarinospt_BR
dc.titleCaracterização granulométrica e mineralógica dos sedimentos de carga de fundo do rio Cubatão do Norte, Scpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record