Show simple item record

dc.contributor.authorMocelim, Adrianapt_BR
dc.contributor.otherFernandes, Fátima Regina, 1962-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Históriapt_BR
dc.date.accessioned2019-12-10T13:32:43Z
dc.date.available2019-12-10T13:32:43Z
dc.date.issued2013pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/30649
dc.descriptionOrientadora: Profa. Dra. Fátima Regina Fernandespt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Parana, Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes, Programa de Pós-Graduação em História. Defesa: Curitiba,13/03/2013pt_BR
dc.descriptionBibliografia: fls. 304-317pt_BR
dc.description.abstractResumo: A partir da Crônica Geral de Espanha de 1344, cuja autoria foi atribuída ao Conde Pedro Afonso de Barcelos, foi elaborada a presente tese, discutindo a importância da Literatura Cronística na Península Ibérica e desta obra de maneira especial. Foi importante analisar o contexto do autor para buscar as motivações que levaram o Conde Pedro Afonso, filho bastardo do Rei Dinis e irmão de Afonso IV, a escrever primeiro um Livro de Linhagens, em 1340, e depois a Crônica em 1344. Buscou-se nas duas obras levantar características que permitissem elaborar perfis idealizados de nobreza e de Rei, para a realidade vivida pelo autor no século XIV. Realidade essa cada vez mais marcada por um processo de concentração do poder régio e pela tentativa, por parte da nobreza, de afirmação de seu poder na sociedade. O bom Rei aparece como figura central na regulação da sociedade, responsável pela aplicação da justiça e promoção do bem comum, baseado no bom relacionamento entre Rei e nobreza. É o Rei da Reconquista, que combate muçulmanos, conquista territórios e garante assim a unidade da Cristandade. O Conde não se refere a um poder político centralizado, a unidade hispânica seria alcançada através de vinculação entre Rei e nobres, em torno de um objetivo em comum. Esta unidade afastaria divisões internas e o enfraquecimento da sociedade. Virtudes como honra, amizade, fidelidade, lealdade, auxílio mútuo, fazem parte da caracterização do nobre ideal. O amor e a amizade deveriam fundamentar as relações sociais. Uma pretensa "unidade hispânica" perpassa suas obras, contrastando com uma realidade marcada por particularidades e divisões.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: From the General Chronicle of Spain of 1344, whose authorship was attributed to Count Pedro Afonso de Barcelos, this thesis was conducted, discussing the importance of Chronistic Literature in Iberic Peninsula and, especially, this work. It was important analyze the context of the author to seek the motivations that led the Count Pedro Afonso, bastard son of King Dinis and brother of Afonso IV, to write, in first place, a Book of Lineages in 1340, and then the Chronicle in 1344. What was sought, in both works: features that allow the elaboration of idealized profiles of nobility and king to the reality experienced by the author in the fourteenth century. Reality that was increasingly marked by a process of concentration of royal power and by the attempt, of the nobility, for assertion of their power in society. The good king appears as a central figure in the regulation of society, responsible for the administration of justice and for the promotion of the common good, based on the good relationship between king and nobility. It is the king of the Reconquest, which fights Muslims, conquer territories and thus guarantees the unity of Christendom. The Count does not refer to a centralized political power, the "hispanic unit" would be achieved through linkage between king and nobles, around a common goal. This unit would remove internal divisions and avoid the weakening of the society. Virtues such as honor, friendship, fidelity, loyalty, mutual aid, are part of the characterization of the noble ideal. Love and friendship should support social relationships. An alleged "hispanic unit" pervades his works, contrasting with a reality marked by divisions and particularitiespt_BR
dc.format.extent317f. : il. [algumas color.], grafs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectPedro Afonso, Conde de Barcelos, d.C. 1285-1354pt_BR
dc.subjectTeses - Históriapt_BR
dc.subjectMonarquia - Espanhapt_BR
dc.subjectIberica, Peninsula (Espanha e Portugal)pt_BR
dc.subjectHistóriapt_BR
dc.title"Segundo conta a estoria..." : a Crônica Geral de Espanha de 1344 como um retrato modelar da sociedade hispânica tardo medievalpt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record