Show simple item record

dc.contributor.authorMalewschik, Tatiana Amélia Valentept_BR
dc.contributor.otherBega, Maria Tarcisa Silva, 1953-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Humanas, Letras e Artes. Programa de Pos-Graduaçao em Sociologiapt_BR
dc.date.accessioned2013-06-27T19:34:11Z
dc.date.available2013-06-27T19:34:11Z
dc.date.issued2013-06-27
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/30630
dc.description.abstractResumo: A partir das muitas questões que envolvem as políticas públicas, esta dissertação objetiva estudar quais são os motivos que mantem os programas de qualificação profissional em vigor e os tem feito ser ampliados e ajustados de um governo para outro. Com o aumento das demandas de mão de obra qualificada, a qualificação tornou-se cada vez mais importante e as ações ganharam um aspecto socialdecombate a exclusão e a garantia de direitos. Dentro desse movimento a qualificação de jovensse destacou. Assim, esse trabalho visa compreender a expansão das políticas públicas de qualificação profissional voltada para jovens nas últimas décadas, apesar dos indicadores apontarem baixo índice de inserção dos mesmos no mercado de trabalho. A pesquisa foi realizada com jovens egressos, mãese instrutores de cursos dos programas federais executados na cidade de Piraquara/PR. Cidadeque concentra a maior área de ocupação irregular do Estado, o bairrodo Guarituba, onde foram realizadas a maior parte das entrevistas. As açõesoferecemresultados diferentes das prioridades pautadas nas diretrizes da política públicade qualificação. As mudanças na vida dos jovens são muito mais em outros sentidos como socialização e integração social do que a exclusiva inserção imediata no mercado de trabalho. Assim,os programas geram resultados inesperados e que contribuem para os jovens como possibilidade de futuro e escolhas próprias, elevando sua perspectiva de futuro em relação não apenas ao trabalho, mas muitos outros elementos que compõe sua vida. Entre os motivos estão o afastamento do jovem das drogas e do crime, elevação da escolaridade e ampliação dos conhecimentos profissionais,com acesso posterior a outros cursos ou a universidade ea influência na sociabilidade e metasde vida do jovem, entre outros. Estes,não estão presentes nos indicadores atuais,mas podem constituir motivos para a continuidade desses programas e demandas permanentes por este tipo de ação do Estado.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleDesejo, necessidade, vontadept_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record