Show simple item record

dc.contributor.advisorCorrer, Cassyano Januário, 1977-pt_BR
dc.contributor.authorGarcia, Mariana Martinspt_BR
dc.contributor.otherPontarolo, Roberto, 1954-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticaspt_BR
dc.date.accessioned2020-07-16T15:57:00Z
dc.date.available2020-07-16T15:57:00Z
dc.date.issued2013pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/30579
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Cassyano Januário Correrpt_BR
dc.descriptionCo-orientador : Prof. Dr. Roberto Pontarolopt_BR
dc.descriptionDissertações (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas. Defesa: Curitiba, 26/02/2013pt_BR
dc.descriptionBibliografia : fls. 65-70pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Insumos, medicamentos e correlatospt_BR
dc.description.abstractResumo: Introdução: No Brasil há mais de três milhões de pessoas acometidas com a psoríase, assim mesmo, ainda é pouco conhecida pela população e pelos serviços de saúde. A seleção do tratamento deve basear-se principalmente nas evidências de sua eficácia e segurança. Além disso, observa-se a importância cada vez maior da análise econômica dos cuidados em saúde, sendo necessário comparar os custos do tratamento aos resultados em saúde obtidos, a fim de subsidiar as decisões em saúde e elaboração de políticas públicas. Objetivo: Objetivo desse trabalho foi realizar uma avaliação dos custos da doença e do perfil dos pacientes com psoríase moderada a grave sob tratamento no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná, sob a perspectiva do Sistema Único de Saúde. Metodologia: A partir de um estudo de caráter exploratório retrospectivo, com abordagem quantitativa, foi utilizado como fonte de dados os prontuários de pacientes com psoríase moderada a grave, atendidos no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná, maiores de 18 anos, em tratamento sistêmico para psoríase, com duração mínima de seguimento de, no mínimo 12 meses. Foram coletados dados relacionados a perfil do paciente, como sexo, idade; perfil da doença, como valores de PASI, tempo total de diagnóstico e perfil do tratamento. Após coleta, foram valorados os componentes e avaliado custos de acordo com amostragem total e subgrupos, e posterior análise de custo indireto seguindo a abordagem de Capital Humano. Além disso, foram realizadas análises estatísticas descritivas e testes de associação. Resultados: Foram coletados dados de 89 pacientes, sendo 69% do sexo masculino, com média de idade de 50,6 anos (DP=14,9). O tempo médio de doença foi de 16,8 anos (DP=14,6). Do total de pacientes, 65% foram diagnosticados com psoríase vulgar, alem disso 19% desses pacientes foram diagnosticados com artrite psoriática. As comorbidades mais frequentes foram Hipertensão Arterial Sistêmica (27%), Dislipidemia (19%) e Diabetes Mellitus (18%), sendo que 47% dos pacientes não tinha nenhum tipo de comorbidade. O metotrexato foi o medicamento mais usado, sendo que 47 pacientes utilizaram esse medicamento em algum momento do período avaliado. Quarenta e quatro pacientes utilizaram também Ácido Fólico. Os imunobiológicos aparecem durante o tratamento em 19 pacientes. Os custos obedecem a uma distribuição não normal com desvio à esquerda, com mediana de R$ 2.353,11/paciente/ano. Observou-se que o custo total do tratamento para pacientes que utilizaram imunobiológicos foi significativamente maior que para os pacientes que não utilizaram imunobiológicos (p<0,001). Houve associação negativa entre idade e custo total, e positiva entre custo total e tempo de diagnóstico. Não houve associação entre custo e PASI inicial. Análise de correlação mostrou custo maior para o sexo masculino (p=0,016). Os pacientes tratados com imunobiológicos, além de um custo mediano 22 vezes maior com aquisição dos medicamentos, apresentaram custos anuais indiretos 55% maiores e custos diretos não medicamentosos 22,7% maiores do que o grupo de pacientes não tratados com imunobiológicos.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Introduction: In Brazil there are more than three million people affected by psoriasis, anyway, little is known about the population and health services. The selection of treatment should be based primarily on evidence of their effectiveness and safety. Moreover, there is the growing importance of economic analysis in health care, being necessary to compare treatment costs to health outcomes obtained in order to subsidize health decisions and public policy development. Objective: Aim of this study was to perform an assessment of the costs of disease and profile of patients with moderate to severe psoriasis undergoing treatment at the Hospital de Clinicas, Federal University of Paraná, from the perspective of the National Health System. Methodology: From an exploratory retrospective study with a quantitative approach, was used as the data source records of patients with moderate to severe psoriasis treated at the Clinical Hospital of the Federal University of Paraná, over 18 years, systemic treatment for psoriasis, lasting Minimum tracking of at least 12 months. We collected data related to patient profile, such as gender, age, disease profile, as PASI values, total time of diagnosis and treatment profile. After collection, the components were valued and assessed costs according to total sample and subgroups, and further analysis of indirect cost following the approach of Human Capital. In addition, analyzes were performed descriptive statistics and tests of association. Results: Data were collected from 89 patients, with 69% male, with a mean age of 50.6 years (SD = 14.9). The mean disease duration was 16.8 years (SD = 14.6). Of all patients, 65% were diagnosed with psoriasis vulgaris, furthermore 19% of these patients were diagnosed with psoriatic arthritis. The most frequent comorbidities were Hypertension (27%), dyslipidemia (19%) and diabetes mellitus (18%), with 47% of patients had no comorbidity. Methotrexate was the most commonly used drug, with 47 patients using this drug sometime in the period. Forty-four patients using also Folic Acid. Biologics appear during treatment in 19 patients. The costs follow a non-normal distribution with a left shift, with a median of R $ 2,353.11 / patient / year. It was observed that the total cost of treatment for patients using biological was significantly greater than in patients who did not use biological (p <0.001). There was a negative association between age and total cost, and positive correlation between total cost and time of diagnosis. There was no association between initial cost and PASI. Correlation analysis showed higher cost for males (p = 0.016). Patients treated with biologic, and a median cost 22 times with purchasing the drugs showed annual cost 55% more indirect and direct costs non-medicated 22.7% bigger than the group of patients not treated with biologics.pt_BR
dc.format.extent78f. : il. [algumas color]., grafs., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectDissertaçõespt_BR
dc.subjectPsoríasept_BR
dc.subjectCiencias farmaceuticaspt_BR
dc.subjectFarmáciapt_BR
dc.subjectUniversidade Federal do Paraná. Hospital de Clínicaspt_BR
dc.subjectFarmáciapt_BR
dc.titleCusto da doença e perfil dos pacientes com psioríase moderada a grave atendidos no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paranápt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record