Show simple item record

dc.contributor.authorBusato, Claudiapt_BR
dc.contributor.otherMatias, Jorge Eduardo Foutopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias da Saúde. Programa de Pós-Graduaçao em Clínica Cirúrgicapt_BR
dc.date.accessioned2013-07-08T20:14:06Z
dc.date.available2013-07-08T20:14:06Z
dc.date.issued2013-07-08
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/30520
dc.description.abstractResumo: Introdução: A coleta de dados na forma prospectiva melhora a assistência ao paciente e o acesso à informação. Sabendo que os registros feitos em prontuários de papel geralmente não trazem informação satisfatória, a informática na saúde tem importância em possibilitar o melhor uso da informação e dos dados que se perdem no dia-a-dia, servindo também como suporte para pesquisas científicas. Objetivos: Criar uma base de dados clínicos referentes à avaliação dos pacientes com zumbido; Realizar a informatização desta base de dados (protocolo mestre) e criar o protocolo eletrônico de pacientes com queixa de zumbido (protocolo específico); incorporar esta base de dados ao Sistema Integrado de Protocolos Eletrônicos (SINPE©) e analisar os dados coletados através do módulo SINPE© Analisador; testar sua funcionalidade e validar o protocolo. Material e Método: Inicialmente criou-se uma base teórica de dados de doenças otorrinolaringológicas através da revisão bibliográfica de livros-texto e de artigos científicos publicados nos últimos 30 anos. Logo após, realizou-se a informatização destes dados e a incorporação destes dados ao SINPE©, formando o protocolo mestre de doenças otorrinolaringológicas, e em seguida o protocolo de zumbido foi criado. Para testar a funcionalidade do protocolo específico, realizou-se um projeto piloto com coleta de dados prospectiva de 71 pacientes com queixa específica de zumbido, audiometria tonal normal e emissões otoacústicas por produto de distorção (EOAPD) alteradas, com o objetivo de comprovar a necessidade deste segundo exame, no protocolo de investigação para pacientes com zumbido. A seguir, os dados coletados foram analisados estatisticamente por meio de gráficos através do módulo SINPE© Analisador. Resultados: O protocolo eletrônico multiprofissional de doenças otorrinolaringológicas abrangeu os itens de anamnese e os resultados dos exames complementares, audiometria tonal e emissões otoacúscticas por produto de distorção. A utilização deste software possibilitou a criação de dois protocolos: mestre e específico. Os dados armazenados foram resgatados e analisados pelo módulo SINPE© Analisador. Conclusões: Foi possível criar uma base teórica de dados em otorrinolaringologia; realizar a informatização desta base de dados e criar o protocolo específico; incorporá-la ao Sistema Integrado de Protocolos Eletrônicos (SINPE©) e analisar os dados coletados por meio do módulo SINPE© Analisador; testar sua funcionalidade e validar o protocolo.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectDissertaçõespt_BR
dc.subjectProtocolos eletrônicospt_BR
dc.subjectZumbidopt_BR
dc.subjectColeta de dadospt_BR
dc.subjectOtolaringologiapt_BR
dc.titleProtocolo eletrônico de coleta de dados em pacientes com zumbidopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record