Show simple item record

dc.contributor.authorSilva, Juliana Veiga Mottin dapt_BR
dc.contributor.otherMantovani, Maria de Fátima, 1956-pt_BR
dc.contributor.otherKalinke, Luciana Puchalskipt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagempt_BR
dc.date.accessioned2013-04-01T13:03:35Z
dc.date.available2013-04-01T13:03:35Z
dc.date.issued2013-04-01
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/29774
dc.description.abstractResumo: Trata-se de uma pesquisa avaliativa com abordagem qualitativa realizada em duas Unidades de Saúde com Estratégia de Saúde da Família, de um município da região metropolitana de Curitiba - Paraná, no período de setembro a março de 2012, uma de grande porte e outra de pequeno porte. Os participantes foram 30 adultos portadores de Hipertensão Arterial Sistêmica e/ou Diabetes mellitus, sendo 20 da unidade de maior porte e 10 da unidade de menor porte, cadastrados no Programa de Hipertensão Arterial e Diabetes mellitus. Os critérios de inclusão foram: ter idade entre 18 e 59 anos e estar com cadastro ativo; foram excluídos os usuários que não frequentavam a unidade por mais de 6 meses. Os objetivos foram avaliar o Programa proposto pelo Plano de Reorganização da Atenção à Hipertensão arterial e ao Diabetes mellitus na visão de seus usuários e descrever aspectos da trajetória dos usuários participantes do programa correlacionando com sua avaliação. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada gravada em formato digital. A análise dos depoimentos ocorreu após a transcrição das entrevistas. As categorias oriundas desta análise foram: "A descoberta da doença", "Motivos da busca pelo programa", "Conhecimento do programa" e "Avaliação do programa". Dos 30 usuários entrevistados, 23 eram do sexo feminino e sete do sexo masculino. As idades variaram entre 31 e 60 anos, sendo predominante a faixa etária de 51 a 60 anos. Em se tratando do grau de instrução, dois usuários concluíram o ensino superior, um o ensino médio, 10 o ensino fundamental e 17 o ensino fundamental incompleto. Com relação ao diagnóstico, 19 são portadores de Hipertensão arterial, 11 possuem Hipertensão arterial e Diabetes mellitus, sendo que 17 referiram outras patologias associadas. O tempo de diagnóstico variou entre 1 e 15 anos, predominando uma média de 3 anos a 6 anos. A data de entrada no Programa foi dividida em 15 usuários que ingressaram imediatamente após o diagnóstico e 15 depois de 1 ano do conhecimento da doença. Ao analisar os relatos, percebeu-se que os usuários identificaram a descoberta da doença como o ponto de partida para a adesão ao Programa de Hipertensão arterial e Diabetes mellitus. Os motivos para busca do Programa foram orientação e tratamento, aquisição de medicamentos como redução de custos e incentivo da equipe de saúde. O conhecimento do programa foi identificado pela sua finalidade reconhecida pelas orientações fornecidas, controle das doenças e entrega da medicação; o funcionamento foi descrito mediante as atividades como reuniões mensais, entrega de medicação e agendamento de consultas. A avaliação do programa ocorreu devido à contribuição para a saúde do usuário. A identificação de componentes do processo, da estrutura e dos resultados, no âmbito da avaliação qualitativa em saúde foi observada. Houve o reconhecimento das orientações, do acompanhamento e das atividades desenvolvidas, com destaque para redução de custos para os usuários. Estes demonstraram saber o que procuram ao aderir ao programa.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectDiabetes mellittuspt_BR
dc.subjectHipertensao arterialpt_BR
dc.subjectEnfermagempt_BR
dc.subjectSaúde - Adultopt_BR
dc.subjectAvaliação em saudept_BR
dc.titleO enfermeiro e a avaliação do usuário sobre o atendimento do programa de hipertensão arterial e diabetes mellituspt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record