Show simple item record

dc.contributor.advisorMelo, Gabriel Augusto Rodrigues dept_BR
dc.contributor.authorAguiar, Antonio José Camillo dept_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Biológicas. Programa de Pós-Graduaçao em Ciencias Biológicas (Entomologia)pt_BR
dc.date.accessioned2013-03-18T14:33:54Z
dc.date.available2013-03-18T14:33:54Z
dc.date.issued2013-03-18
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/29753
dc.description.abstractResumo: O gênero Paratetrapedia Moure, 1941 é aqui revisado. Dezenove novas espécies são descritas, totalizando 32 espécies para o gênero. Além das 19 novas espécies, as seguintes espécies são reconhecidas: P. duckei (Friese, 1910) = P. xanthaspis (Cockerell, 1929) syn. nov., P. romani (Friese, 1923) comb. nov., P. lineata (Spinola, 1851) = P. lacteipennis (Vachal, 1909) comb. nov., syn. nov.; P. bicolor (Smith, 1854) = P. nasuta (Smith, 1854); P. fervida (Smith, 1879) comb. nov. = P. bunchosiae (Friese, 1899) syn. nov. = P. flaviventris (Friese, 1899) syn. nov. = P. obsoleta (Schrottky, 1902) syn. nov. = P. velutina (Friese, 1910) syn. nov. = P. albilabris (Friese, 1916) comb. nov., syn. nov.; P. connexa (Vachal, 1909) comb. nov. = P. mayarum (Cockerell, 1912) comb. nov., syn. nov. = P. hypoleuca Cockerell, 1923 comb. nov., syn. nov.; P. lugubris (Cresson, 1878) = P. amplipennis (Smith, 1879) = P. gigantea (Schrottky, 1909) syn. nov. = P. bombitarsis (Vachal, 1909) comb. nov. = P. gigantea (Friese, 1910) comb. nov. = P. dentiventris (Friese, 1921) comb. nov, syn. nov.; P. volatilis (Smith, 1879) comb. nov. = P. maculata (Friese, 1899) syn. nov. = P. fuliginosa (Schrottky, 1902) comb. nov., syn. nov. = P. bimaculata (Schrottky, 1902) comb. nov., syn. nov.; P. leucostoma (Cockerell, 1923); P. calcarata (Cresson ,1878) = P. antennata (Friese, 1899); P. testacea (Smith, 1854) comb. nov. = P. obtusa Vachal, 1909 comb. nov.; P. maesta (Cresson, 1878); P. flavipennis (Smith, 1879). Lectótipos são designados para 12 espécies: Tetrapedia amplipennis Smith, T. gigantea Friese, T. dentiventris Friese, T. maculata Friese, T. fuliginosa Schrottky, T. antennata Friese, T. obtusa Vachal, T. lacteipennis Vachal, T. romani Friese, T. duckei Friese. Chaves de identificação para machos e fêmeas são fornecidas, incluindo mapas de distribuição e ilustrações de aspectos gerais e da terminália. Uma análise filogenética para as espécies foi gerada através de 71 caracteres e 41 táxons terminais. Uma mesma árvore foi gerada através da análise com pesagem igual e com pesagem implícita. A árvore de relacionamento filogenético entre as espécies de Paratetrapedia corrobora a monofilia do gênero e permite o reconhecimento de cinco grupos principais de espécies: grupo lugubris, grupo maesta, grupo bicolor, grupo lineata e grupo flavipennis. As espécies de Paratetrapedia são primariamente florestais e associadas a Floresta Amazônica. Paratetrapedia apresenta um padrão biogeográfico semelhante ao observado para outros gêneros de abelhas neotropicais e florestais, onde o grupo irmão apresenta distribuição na porção oeste da Amazônia.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectAbelhapt_BR
dc.subjectEntomologiapt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleRevisão e análise filogenética do gênero Paratetrapedia (Hymenoptera, Apidae, Tapinotaspidini)pt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record