Show simple item record

dc.contributor.authorNeher, Rodrigo Schimundapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Biológicas. Programa de Pós-Graduaçao em Ciencias Biológicas (Microbiologia, Parasitologia e Patologia Básica)pt_BR
dc.contributor.otherMercadante, Adriana Frohlichpt_BR
dc.date.accessioned2013-08-06T19:13:38Z
dc.date.available2013-08-06T19:13:38Z
dc.date.issued2013-08-06
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/29739
dc.description.abstractResumo: A Doença de Parkinson (DP) é um distúrbio neurodegenerativo causado pela morte de neurônios dopaminérgicos da substância negra pars compacta que liberam dopamina no estriado. No estriado há neurônios que expressam receptores de dopamina (D1R), os quais fazem parte da família de receptores acoplados à proteína G e estão associados a proteína Golf. A proteína Ric-8B se liga diretamente a subunidade alfa livre da proteína Golf e trabalhos anteriores indicam que Ric-8B é capaz de amplificar o sinal dessa via, funcionando como uma GEF (Guanine nucleotide Exchange Factor). Como a DP é caracterizada por uma severa diminuição dos níveis de DA no estriado por consequente morte dos neurônios dopaminérgicos, se Ric-8B é capaz de aumentar o sinal dos receptores de DA, torna-se importante investigar uma possível relação entre a proteína Ric-8B e a DP para definir se essa proteína poderá ser usada como alvo para o tratamento da doença. Através do modelo animal de DP lesado com 6-OHDA esse trabalho iniciou a investigação dessa possível relação. Foram retirados os estriados dos animais tratados ou não com a toxina em diferentes tempos (4 horas, 24 horas, 3 dias e 7 dias). Inicialmente padronizou-se a técnica de RT-qPCR utilizando iniciadores específicos para Ric-8B (transcrito longo e transcrito curto) bem como para G?olf. Foram utilizados também 5 genes de expressão constitutivas na normalização: HPRT, GAPDG, HMBS, ACTB e ?2M. Através do uso do programa GeNorm, demonstrou-se que dentro desses 5 genes, para o nosso caso, os melhores genes para calcular a expressão normalizada seriam GAPDH e HMBS. Em seguida, através da mesma técnica de PCR em tempo-real (RT-qPCR), quantificou-se a expressão dos genes de Ric 8B (transcritos longo e curto) e de G?olf, na tentativa de se avaliar a expressão destes genes no decorrer na DP. Os resultados indicaram que há tendência a um aumento da expressão destes genes após 3 dias, porém tanto nos animais que foram tratados com 6-OHDA, quanto nos animais sham. Assim, os dados obtidos no presente trabalho ainda não foram conclusivos com relação a expressão desses genes no decorrer da DP. Entretanto, nesse trabalho foi possível padronizar a técnica de RT-qPCR para o estudo destes genes, o que possibilitará um estudo maior no futuro, utilizando outros modelos animais de DP ou outras regiões do cérebro. Sem dúvida, o desenvolvimento deste projeto foi importante para iniciar o estudo de Ric-8B como um potencial alvo na DP.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectParkinson, Doença dept_BR
dc.subjectOxidopaminapt_BR
dc.titlePadronização da técnica de PCR quantitativo para a investigação da Proteína Ric-8B no modelo de Parkinsonismo induzido por 6-OHDApt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record