Show simple item record

dc.contributor.authorCapote, Franciele Gesleinept_BR
dc.contributor.otherBolzón de Muñiz, Graciela Inéspt_BR
dc.contributor.otherWatzlawick, Luciano Farinhapt_BR
dc.contributor.otherBrand, Martha Andreiapt_BR
dc.contributor.otherQuirino, Waldir Ferreirapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Tecnologia. Programa de Pós-Graduação em Bioenergiapt_BR
dc.date.accessioned2013-03-13T20:41:54Z
dc.date.available2013-03-13T20:41:54Z
dc.date.issued2013-03-13
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/29703
dc.description.abstractResumo: A demanda energética mundial tem possibilitado o estudo de inovações tecnológicas ambientalmente viáveis, principalmente relacionadas à utilização de recursos renováveis. Tudo isso, em busca da minimização dos prejuízos causados pelo uso indiscriminado dos combustíveis fósseis. A finalidade dos estudos acerca de energia limpa é diminuir a quantidade e a disposição inadequada de resíduos, recuperando-os para a produção de energia renovável, diminuindo assim perdas econômicas e propiciando melhoria da qualidade ambiental. Assim sendo, o presente trabalho aborda um levantamento bibliográfico, além da uma pesquisa experimental com a análise química imediata, bem como a determinação da massa específica aparente e do poder calorífico em briquetes e peletes de diferentes materiais tais como, resíduos da madeira, bagaço de cana e cereais. Do total das amostras coletadas, 60% são oriundas de resíduos de madeira, 30% de bagaço de cana e apenas 10% de resíduos de cereais, como arroz e aveia. As análises imediatas realizadas permitiram comparar as amostras de diferentes biomassas mediante padrões estabelecidos por normas europeias. Verificou-se que os materiais analisados mantêm-se dentro das normas de qualidade. Através da análise das propriedades físico-químicas foi possível determinar classes para a correta utilização dos compactados energéticos, de forma que foram originadas 6 classes para briquetes e 2 classes para peletes, conforme o uso. Os resultados evidenciam que 60% das amostras apresentaram características que possibilitariam a utilização tanto doméstica quanto industrial, enquanto 40% restantes são destinadas apenas ao uso industrial devido ao potencial de toxicidade. Tais análises fornecerão dados quantitativos que poderão subsidiar pesquisas posteriores com relação à construção de uma normatização nacional de produtos compactados de biomassa, classificando-os e adequando-os para utilização conforme as características de cada produto. De forma a permitir o melhor aproveitamento do poder energético e reduzir os impactos ambientais ocasionados pela disposição inadequada de resíduos da biomassa.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectBiomassapt_BR
dc.subjectBriquetes (Combustivel)pt_BR
dc.subjectResiduos agricolaspt_BR
dc.titleCaracterização e classificação de co-produtos compactados da biomassa para fins energéticospt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record