Show simple item record

dc.contributor.authorSilva, Rui dapt_BR
dc.contributor.authorMuratori, Ana Maria, 1942-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Ciencia do Solopt_BR
dc.date.accessioned2013-01-18T14:23:37Z
dc.date.available2013-01-18T14:23:37Z
dc.date.issued2013-01-18
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/29280
dc.description.abstractResumo: O presente trabalho de pesquisa, objetivou através de análises morfológicas, geológicas, hidrogeológicas e hidrológicas, contribuir para o Projeto Emergêncial Carste na Bacia do Ribeirão da Onça, no município de Colombo - Pr. Neste trabalho foram identificadas as áreas de recarga e descarga, e definida a área de inversão no aqüífero cárste, e suas relações com o manancial de superfície. Estas identificações são de fundamental importância, tendo em vista o acelerado crescimento demográfico desta região, contrapondo-se a vulnerabilidade do meio físico, em especial dos recursos hídricos. A área de estudo está localizada na porção norte da Região Metropolitana de Curitiba, entre os paralelos 25 15' 09"S e 25 17' 19"S; e entre longitudes 49 08' 46" W e 49 12' 35"W. Geológicamente, faz parte do grupo Açungui, onde estão presentes rochas carbonatadas, que se caracterizam pela capacidade de armazenamento de água, do ponto de vista geomorfológico, dando origem ás formas cársticas. Através de fotointerpretação e subsequente controle de campo foi confeccionado um mapa detalhado das formas cársticas e após, levando-se em conta os conhecimentos geológicos, hdrológicos, hidrogeológicos e o monitoramento do nível estático do lençol subterrâneo através dos poços artesianos, foram delimitadas as áreas de recarga, descarga e de inversão, sendo as mesmas representadas através de mapa. O alto grau de dissolução das rochas carbonatadas (mármores dolomíticos e calcíticos), é influenciado pelo alto índice de precipitação local, acima de 1400 mm/ano. A densa rede de diáclases e fraturas, possibilita o desenvolvimento de dolina, ouvalas, sumidouros e ressurgências, formas estas relacionadas á recarga e descarga do aqüífero. O intercâmbio entre as águas superficiais e subterrâneas através destas estruturas pode ser modificada pelo excesso de explotação através de poços artesianos, ocasionando inclusive inversão de fluxo em períodos de estiagem. Palavras - chaves: Identificação; Áreas de Recarga e Descarga; Aqüífero; Carste.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.titleIdentificaçao das áreas de recarga e descarga do Aqüífero Carste na Bacia do Ribeirao da Onça e sua relaçao com o manancial de superfície, no município de Colombo-PRpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record