Show simple item record

dc.contributor.advisorMoreschi, João Carlospt_BR
dc.contributor.authorLucas Filho, Fernando Cardosopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Engenharia Florestalpt_BR
dc.date.accessioned2013-06-24T15:34:17Z
dc.date.available2013-06-24T15:34:17Z
dc.date.issued2013-06-24
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/28871
dc.description.abstractO presente trabalho teve por objetivo o estudo da influência do teor de umidade e çla massa específica aparente sobre algumas propriedades mecânicas da madeira, e a avaliação de algumas características visuais como indicadoras dessas propriedades nas madeiras de Pinus elliottii var. eiiioiÍii Engelm e Pinus taeda L. provenientes de plantios com 21 anos de idade, localizados no município de Três Barras, Santa Catarina. Foram estudadas a variação as resistências à flexão, à compressão paralela à grã e cisalhamento, com variações do teor de umidade para cada espécie, nos lenhos adulto e juvenil. Os resultados obtidos mostraram diferenças significativas entre as relações resistência/teor de umidade nos lenhos adulto e juvenil; para ambas as espécies, os módulos de ruptura, tanto em flexão como en compressão, foram mais afetados pelá variação do teor de umidade do que o módulo de elasticidade. A madeira de Pinus elliottii foi mais afetada pela variação do teor de umidade e o lenho adulto das duas espécies obteve maior ganho de resistência com a secagem que o lenho juvenil. O módulo de elasticidade em flexão estática aumentou moderadamente, cerca de 20%, e em compressão paralela praticamente não houve ganho com a secagem. A massa específica aparente mostrou alta correlação com a resistência. Os modelos matemáticos testados para estimativa da resistência da madeira em função dos teores de umidade e massas específicas aparentes foram satisfatórios para a resistência à flexão estática, compresão paralela e cisalhamento na direção radial e tangencial aos anéis de crescimento, mas não para a estimativa da elasticidade. As características visuais apresentaram razoável correlação com a elasticidade e são recomendadas apenas como instrumento auxiliar na avaliação da rigidez da madeira das duas espécies. A relação dessas características com a resistência não foi significativa, por conseqüência, não podem ser utilizadas como indicadoras da qualidade da madeira.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectMadeira - Umidadept_BR
dc.subjectMadeira - Propriedades mecanicaspt_BR
dc.subjectPinus elliottiipt_BR
dc.subjectPinus taedapt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleEstudo da influencia do teor de umidade e de massa especifica aparente sobre a resistencia das madeiras de Pinus elliotii var. elliotti Engelm e Pinus taeda L.pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record