Show simple item record

dc.contributor.authorCevallos, Semitha Heloisa Matospt_BR
dc.contributor.otherDottori, Maurício Soarespt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes. Programa de Pós-Graduação em Músicapt_BR
dc.date.accessioned2012-10-23T19:48:14Z
dc.date.available2012-10-23T19:48:14Z
dc.date.issued2012-10-23
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/28516
dc.description.abstractResumo: Sonorismo é um estilo musical que surgiu na Polônia no final dos anos 1950 e causou uma mudança fundamental nos valores da hierarquia musical: no lugar da melodia, harmonia, metro e ritmo, o som tornou-se o agente principal. As experiências do sonorismo levaram a descobertas da riqueza de novos valores sonoros. Muitos compositores brasileiros foram influenciados pelo sonorismo, mas este é um assunto que ainda carece de estudo, pois de acordo com as pesquisas há somente um artigo escrito sobre o tema. As principais fontes para esta dissertação foram as entrevistas com Edino Krieger, Marlos Nobre e Harry Crowl. Eles proveram novos dados sobre o tema, possibilitando a conclusão de como os compositores brasileiros entraram em contato com o estilo e de como começaram a utilizá-lo em suas próprias obras.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectDissertações - Musicapt_BR
dc.subjectMúsica - Poloniapt_BR
dc.subjectMúsica brasileirapt_BR
dc.subjectCompositores - Brasilpt_BR
dc.titleA recepção do sonorismo polonês por parte dos compositores brasileirospt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record