Show simple item record

dc.contributor.advisorSantos, Honorio Roberto dos, 1939-pt_BR
dc.contributor.authorSantos, Ariodari Francisco dospt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Ciencia do Solopt_BR
dc.date.accessioned2012-09-28T12:42:44Z
dc.date.available2012-09-28T12:42:44Z
dc.date.issued2012-09-28
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/28201
dc.description.abstractResumo: o presente estudo visou investigar o efeito da atividade do Oligochaeta Amynthas spp., (minhoca louca) num latossolo bruno álico no município de Guarapuava PR, em solos isentos destes animais, usando 90, 60 e 30 minhocas/me e testemunha, fertilizando com adubo químico, esterco bovino, ovino e misto (bovino+ovino+palha) e testemunha, no período de um (01) ano (janeiro de 94 a janeiro de 95). Verificou-se as influências das minhocas nas propriedades físicas (velocidade de infiltração da água e à ação do penetrômetro de mola) um ano após a inoculação. As influências químicas das minhocas foram avaliadas tanto na implantação da pesquisa, como após um ano da inoculação, através da análise química de rotina do solo. As influências biológicas das minhocas foram avaliadas no início do experimento, após colheita do feijão e da aveia. As investigações conduzidas nestas condições evidenciaram a produção de grãos e massa seca do feijão e aveia. Verificou-se que a infiltração da água apresentou maior velocidade com 90 minhocas inoculadas/m2 , não havendo diferença significativa no nível de 5% de probabilidade entre os demais níveis de minhocas inoculadas. A resistência à ação do penetrômetro de mola foi menor com 90 minhocas inoculadas/me, mas também não apresentou diferença significativa entre os demais níveis de minhocas. Com relação às influências químicas, houve um aumento na concentração de K e diminuição dos teores de C no final do experimento. Já os resultados das análises químicas dos cropólitos, quando comparados com os resultados do início e final do experimento, apresentou valores de concentração de P, K e C mui to maior. Embora não apresentando diferença significativa ao nível de 5% de probabilidade entre os diferentes níveis de minhocas inoculadas, os rendimentos mais elevados de produção de grãos e matéria seca da parte aérea foram obtidos com o nível de 90 minhocas inoculadas/m". Isto pode ser devido ao fato do melhoramento das propriedades físicas, químicas e biológicas do solo onde as minhocas foram inoculadas.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectSolos - Fertilidadept_BR
dc.subjectMicroorganismos do solopt_BR
dc.subjectSolos organicospt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleEfeito da atividade do oligochaeta Amynthas spp. (michoca louca), na produção do feijoeiro (Phaseolus vulgaris - FT 120) e da aveia preta (Avena strigosa - VAR CANTON), com relação a algumas propriedades fisicas, quimicas e biologicas do solopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record