Show simple item record

dc.contributor.advisorWisniewski, Celina, 1953-pt_BR
dc.contributor.authorRadomski, Maria Izabelpt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Ciencia do Solopt_BR
dc.date.accessioned2012-09-21T17:44:44Z
dc.date.available2012-09-21T17:44:44Z
dc.date.issued2012-09-21
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/28074
dc.description.abstractResumo: Para determinar a influência do ambiente sobre as características fitoquímicas de Maytenus ilicifolia Mart., foram coletadas amostras em comunidades arbóreas nativas crescendo sobre quatro ambientes, com diferentes solos e condições de luminosidade, em maio de 1994, no Estado do Paraná, Brasil. Três comunidades localizaram-se sob diferentes níveis de sombreamento (5, 9 e 12% de luminosidade relativa) e uma comunidade a pleno sol (100% de luminosidade). Foram classificados os seguintes solos: Solo Litólico A chernozêmico textura média, Cambissolo podzólico profundo Álico A moderado textura argilosa, Cambissolo gleico pouco profundo Distrófico A proeminente textura argilosa e Cambissolo gleico pouco profundo/Solo Aluvial Álico Epieutrófico A moderado textura muito argilosa. Foi determinado o peso específico foliar, o teor total de N, P, K, Ca, Mg, Fe, Mn, Cu, Zn, Al, B e Si e a fiação solúvel em água de K, Ca, Mg, Mn, Çu, Zn, Al e Si, em folhas e ramos. Também foi determinado o teor de polifenóis totais e taninos em folhas e ramos. A fiação solúvel em água, em relação ao conteúdo total, apresentou a seguinte ordem decrescente de elementos solúveis: K > Mg > Zn > Si > Mn > Ca > Cu > Al. O peso específico foliar e o teor de polifenóis totais e taninos foi maior nas amostras das plantas crescendo a pleno sol. Este resultado indica um possível mecanismo de defesa das plantas à maior insolação. Nas plantas sob sombreamento foram observados maiores teores médios de N, K, B e Si. Para P, Mn e Cu foram observadas diferenças entre todas as amostras, indicando uma possível interação entre solo e luminosidade na absorção destes elementos. Não houve diferenças no teor médio de Ca, Mg, Fe, Al e Zn. Estes resultados sugerem que a luminosidade foi o principal fator influenciando as características fitoquímicas de Maytenus ilicifolia.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectEspinheira santa - Lapa, PRpt_BR
dc.subjectPlantas medicinais - Lapa, PRpt_BR
dc.subjectQuimica vegetalpt_BR
dc.subjectPlantas - Efeito da luzpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleCaracterização ecológica e fitoquímica de Maytenus ilicifolia Mart., em populações nativas, no município da Lapa - Paranápt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record