Show simple item record

dc.contributor.authorGerlach, Alice da Cruz Limapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Biológicas. Programa de Pós-Graduaçao em Botânicapt_BR
dc.contributor.otherEliasaro, Sionarapt_BR
dc.date.accessioned2012-08-27T15:43:32Z
dc.date.available2012-08-27T15:43:32Z
dc.date.issued2012-08-27
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/27739
dc.description.abstractResumo: O clado parmelioide, suportado por vários estudos filogenéticos, é o maior em Parmeliaceae, com cerca de 75% das espécies descritas nesta família e caracterizase por possuir talos principalmente foliosos, com rizinas na superfície inferior, apotécios laminais, ascos do tipo Lecanora e ascósporos simples e hialinos. Esta pesquisa teve como objetivo principal realizar um levantamento dos fungos liquenizados parmelioides em costões rochosos presentes nos Estados do Paraná e de Santa Catarina. Bem como caracterizar morfológica, química e ecologicamente as espécies encontradas e proporcionar meios para a identificação das mesmas através de chaves, descrições e ilustrações. Os exemplares identificados foram incorporados ao herbário UPCB. As ilustrações foram feitas através de fotografias em campo e scanner em laboratório. Em laboratório foram realizadas observações morfológicas e anatômicas sob microscópio esteroscópico e fotônico. Para a análise de metabólitos secundários foram utilizados testes de coloração de talo, observação do talo sob lâmpada UV e cromatografia em camada delgada seguindo as técnicas químicas padrões em liquenologia. Foram encontradas 31 espécies distribuídas em nove gêneros: Bulbothrix (1), Canoparmelia (1), Hypotrachyna (2), Parmelinopsis (1), Parmotrema (19), Pseudoparmelia (1), Punctelia (1), Relicina (1) e Xanthoparmelia (4). Dentre as espécies encontradas, cinco são novas para a ciência: Parmotrema adlerae, P. marcellii, Parmotrema sp. 1, Parmotrema sp. 2 e Punctelia sp. Parmotrema laciniellum é citada pela primeira vez fora da localidade tipo (Argentina). Foram encontradas quatro novas ocorrências tanto para o Paraná quanto para Santa Catarina: Parmotrema anchietanum, P. hypermaculatum, P. mordenii e Xanthoparmelia subramigera. Duas novas citações apenas para o Paraná: Pseudoparmelia cubensis e Xanthoparmelia catarinae; e oito para Santa Catarina: Bulbothrix subdissecta, Hypotrachyna osseoalba, Parmotrema dactylosum, P. endosulphureum, P. flavescens, Parmotrema aff. margaritatum, P. ruptum e Relicina abstrusa. Vinte e cinco espécies de fungos liquenizados parmelioides são mencionadas pela primeira vez para costões rochosos brasileiros.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectLiquenspt_BR
dc.subjectCostapt_BR
dc.subjectFungospt_BR
dc.titleEspécies de fungos liquenizados parmelioides (Parmeliaceae Ascomycota) em costões rochosos na planície costeira dos Estados do Paraná e Santa Catarinapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record