Show simple item record

dc.contributor.advisorHayashi, Yasuyoshipt_BR
dc.contributor.authorRichartz, Rosaria Regina Tesoni de Barrospt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Ciencias Veterináriaspt_BR
dc.date.accessioned2012-08-24T17:33:21Z
dc.date.available2012-08-24T17:33:21Z
dc.date.issued2012-08-24
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/27683
dc.description.abstractResumo: Foi realizado um inquérito sorológico, em 816 soros de eqüinos de diversas regiões do Estado do Paraná, em 1991, para detectar anticorpos inibidores de hemaglutinação para os vírus das encefalomielites eqüinas leste, oeste e venezuelana. Os resultados obtidos foram de uma prevalência de 30,4% para o vírus da encefalomielite eqüina oeste (WEE), 19,2% para o vírus da encefalomielite eqüina venezuelana (VEE) e 15,3% para o vírus da encefalomielite eqüina leste (EEE). Dos 816 soros analisados pelo teste de inibição da hemaglutinação (Hl), 300 reagiram positivamente, resultando em uma incidência de 36,76% de encefalomielite eqüina no Estado do Paraná. A região de Umuarama apresentou 19% do total de soros positivos, seguida das regiões de Curitiba (14%), Ponta Grossa (12%), Jacarezinho (9%), Irati (7%), Campo Mourão (7%), Guarapuava (7%), Ivaiporã (6%), Francisco Beltrão (4%), Maringá (4%), Paranavaí (4%), União da Vitória (3%), Toledo (3%), Cascavel (1%) e Pato Branco (0%).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectEncefalomielite equina - Paranápt_BR
dc.subjectEncefalomielite equina venezuelana - Paranápt_BR
dc.subjectVirologia veterinariapt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleDetecção de anticorpos inibidores de hemaglutinação para Alphavirus em soros de equinos do Estado do Paranapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record