Show simple item record

dc.contributor.authorNauiack, Catarina Portinhopt_BR
dc.contributor.otherSoethe, Paulo Astor, 1968-pt_BR
dc.contributor.otherAltmayer, Clauspt_BR
dc.contributor.otherJanzen, Henrique Evaldo, 1957-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Humanas, Letras e Artes. Programa de Pós-Graduaçao em Letraspt_BR
dc.date.accessioned2012-08-24T13:50:06Z
dc.date.available2012-08-24T13:50:06Z
dc.date.issued2012-08-24
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/27622
dc.description.abstractResumo: O presente trabalho tem como objetivo analisar o livro didático de alemão como língua estrangeira „Alemão para brasileiros com João Ubaldo Ribeiro em Berlim“. O livro é resultado do projeto de pós-doutorado de Ruth Bohunovsky na Universidade Estadual de Campinas sob a orientação de Carmen Zink Bolognini. O livro didático usa como base temática o livro de crônicas „Um brasileiro em Berlim“, de João Ubaldo Ribeiro. Como bases teóricas foram discutidas duas vertentes de abordagem intercultural dentro da área de Alemão como língua estrangeira. Assim como a discussão em torno de conceitos como cultura e interculturalidade. A abordagem intercultural foi apresentada a partir da perspectiva pragmática, que tem os autores Bredella e Delanoy como grandes representantes. Em contraposição, a perspectiva elaborada e defendida por Altmayer foi mostrada e tomada como norte para a realização da análise. Sua perspectiva teórica aponta três passos didáticos a serem seguidos: 1. As experiências e os conhecimentos prévios dos alunos devem ser ativados; 2. Discussões, articulações e reflexões desses conhecimentos/experiências devem ser considerados; 3. Finalmente deve-se ofertar aos alunos possibilidades de confrontação de seus modelos culturais com outros modelos, para assim desenvolvê-los ou construir novos modelos. Esse último passo é, segundo Altmayer, o mais difícil de ser realizado. Para a delimitação da análise foram elaboradas cinco perguntas baseadas no conceito defendido por Altmayer. O livro didático foi avaliado exemplarmente a partir da lição 7, por tratar especificadamente sobre o contato entre culturas. Nessa lição foi constatado que o livro didático leva em consideração a discussão atual sobre cultura e interculturalidade. Os alunos são tratados como indivíduos – e não como representantes de suas culturas originárias. A translocação do autor João Ubaldo Ribeiro em uma personagem no livro didático e os temas por ele apresentados trazem um outro (novo?) elemento para o aprendizado de alemão: o humor. Assim como o livro de crônicas de Ribeiro, o livro didático está recheado de humor, ironia e situações que convidam o leitor/aluno a refletir sobre seus padrões culturais. A análise das temáticas apresentadas no livro apontam para uma abordagem crítica dos aspectos culturais elencados. Já a análise dos exercícios revela que o livro didático se propõe a trabalhar criticametne com os temas abordados, porém que nem sempre esse objetivo é alcançado.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectDissertações - Letraspt_BR
dc.subjectLingua alemã - Estudo e ensinopt_BR
dc.subjectEstudos interculturaispt_BR
dc.subjectLingua alemã - Livros didaticospt_BR
dc.titleEin brasilianer im lehrweekpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record