Show simple item record

dc.contributor.advisorZancan, Glaci T.(Glaci Therezinha), 1934-
dc.contributor.authorMachado, Marcos José
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Ciências (Bioquímica)
dc.date.accessioned2016-08-10T16:17:28Z
dc.date.available2016-08-10T16:17:28Z
dc.date.issued1989
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/27616
dc.descriptionOrientador: Glaci Terezinha Zancan
dc.descriptionDissertaçao (mestrado) -Universidade Federal do Paraná. Curso de Pós-Graduaçao em Bioquímica
dc.description.abstractResumo: Usando células não proliferantes de Neurospora crassa, linhagem selvagem, demonstrou-se que os níveis de atividade da L-ami noácido oxidase e da urato-oxidase eram~duas vezes maiores a 0,8 atm do que a 0,2 atm de oXigênio, em condições de indução.O efeito repressor dos íons amônio foi menor a 0,8 atm de oxigênio do que a 0,2 atm, quando se mediu os níveis de atividade da L-ami~ noácido oxidase e da urato-oxidase. O efeito do oxigênio, também foi observado sobre os níveis de atividade da L-aminoácido oxidase nas linhagens mutantes-: nit-4, gln-lb e nmr-l(alelos V2M304 e MS5) de Neurospora crassa, em con-. dições de indução e de repressão. Em ambas as condições verificouse o efeito do oxig~nio sobre os níveis de atividade da urato-oxidase em linhagem mutante nit-4. A ·linhagem mutante en(am)l não apresentou efeito do oxigênio sobre os níveis de atividade da L-aminoácido oxidase em condições de indução e de repressãõ. A linhagem mutante nit-2 apresentou o efeito do oxigênio apesar dos baixos níveis de atividade enzimática observados em condições de indução.
dc.format.extent67 p.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.titleEfeito do oxigenio sobre a expressao de oxidases em Neurospora crassa
dc.typeDissertação


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record