Show simple item record

dc.contributor.advisorReissmann, Carlos Brunopt_BR
dc.contributor.authorSita, Regiane Cristina Marcatopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Ciencia do Solopt_BR
dc.date.accessioned2013-01-28T18:28:34Z
dc.date.available2013-01-28T18:28:34Z
dc.date.issued2013-01-28
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/27542
dc.description.abstractResumo: O polímero agrícola tem um grande potencial de uso como condicionador de solo para produção de mudas. Contudo, o uso e sua interação com fertilizantes é pouco conhecida em nossas condições. Visando avaliar o efeito do polímero com diferentes fontes de abubações nitrogenadas e potássicas, no crescimento e nutrição do crisântemo Dendranthema grandiforum var. "Virginal" e características químicas dos substratos, um experimento foi montado. A instalação foi em casa de vegetação da Empresa CONSPIZZA HIDROSSEMEADURA Ltda., situada no município de Colombo-PR, no verão de 2001. Dois substratos foram testados: 1) composto de 50% de solo orgânico, 45% de areia e 5% de fumo compostado); 2) corresponde a camada superficial (0-20cm) de um LATOSSOLO VERMELHO Distrófico típico, do município de Ponta Grossa. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, com 5 repetições, em esquema fatorial 4x2x2, sendo 4 doses de polímero (0; 1; 2 e 4g kg"1 de substrato), 2 fontes nitrogenadas [(NH^SC^ e (H2N)2CO], potássicas (KC1 e K2S04), respectivamente. Determinou-se massa seca de ramos, folhas, raiz e número de flores, e os teores de macronutrientes (exceto S) nas folhas e ramos. Os substratos foram avaliados quanto aos teores de N, P, K, Ca , Mg, valores de pH e condutividade elétrica (CE). Foram observados relações inversa entre doses de polímero e biomassa, absorção dos macronutrientes e número de flores, independente do substrato e fonte de fertilizante. Com exceção do K solúvel e N total, que foram detectados valores em até 5 vezes maiores em relação a testemunha, os demais parâmetros do solo foram pouco afetados. Em geral, peso seco das raízes não foi influenciado pelo uso do polímero. Já, CE obteve um ligeiro aumento, principalmente com o uso de (NH4)2SÜ4 e KC1, para o substrato-2. No substrato-1 os teores de todos os nutrientes analisados foram superiores aos observados no substrato-2. Mas, contrariamente, o crescimento das plantas e produção de flores foi melhor no substrato-2, indicando um provável desbalanço nutricional, principalmente entre K/Ca e K/Mg, ou o meio de crescimento apresentava alguma característica que desfavoreceu o desenvolvimento da espécie testada no substrato 1. O polímero afetou negativamente a absorção de nutrientes, biomassa e produção de flores do crisântemo, contribuiu com o aumento de K e N nos substratos nas condições trabalhadas, de modo que, sugere-se novas pesquisas utilizando-se outras espécies para estudo. Palavras chaves, polímero, condicionador de solo, hidrogel, poliacrilamida, crisântemo, planta ornamental, fertilizantes.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectCrisantemo - Adubos e fertilizantespt_BR
dc.subjectFertilizantes nitrogenadospt_BR
dc.subjectFertilizantes potassicospt_BR
dc.subjectPolimerospt_BR
dc.subjectPlantas ornamentaispt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleInfluencia das formas de adubaçao nitrogenada e potássica na açao de polímero hidroretentor sobre o crescimento de crisântemo Dedranthema grandiflorum variedade "virginal"pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record