Mostrar registro simples

dc.contributor.authorSaraiva, Ariane de Oliveirapt_BR
dc.contributor.otherPereira, Alexsandro Eugeniopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Humanas, Letras e Artes. Programa de Pós-Graduaçao em Ciência Políticapt_BR
dc.date.accessioned2012-08-21T18:06:04Z
dc.date.available2012-08-21T18:06:04Z
dc.date.issued2012-08-21
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/27528
dc.description.abstractResumo: O tema da dissertação consiste na relação entre a política externa brasileira e o desenvolvimento e tem por objeto a condução da política externa do período 2003- 2010, analisada sob seus aspectos ideacionais, a partir da teoria construtivista. Baseado no discurso diplomático presidencial, o questionamento que se faz é sob quais temas o desenvolvimento foi concebido e como atenderam aos interesses da inserção internacional do país, sob o pressuposto de que essa esteve sob a influência de um neodesenvolvimentismo. O objetivo geral consiste em verificar como o vetor desenvolvimento foi entendido na política externa no período 2003-2010, quando a prioridade de aspectos sociais foi elemento central da candidatura do ex-presidente Lula. Por objetivos específicos tem-se: aplicar o aporte teórico metodológico construtivista ao estudo da PEB e, mais especificamente, ao período em questão, tendo em vista a mudança paradigmática; recorrer a uma análise histórica de como a PEB foi instrumentalizada ao longo de diferentes fases políticoeconômicasde natureza interna e externa com base no paradigma desenvolvimentista; e finalmente, avaliar a política externa do período sob dois aspectos: quais as ideias centrais presentes no discurso e quais seus principais desdobramentos políticos que na gestão Lula. A hipótese de trabalho é a de que a exteriorização do vetor desenvolvimento pode ser tida como uma estratégia de inserção internacional baseada na formação de uma imagem que o identificasse com países em desenvolvimento e permitisse iniciativas de liderança no âmbito da cooperação Sul-Sul, atendendo aos interesses ligados ao seu status internacional. Centrada no uso do tema "desenvolvimento", a investigação é feita com base numa amostra de 40 discursos proferidos ao público externo, dos anos 2003-2004 e 2009-2010. Para cada recorte temporal tomou-se dez discursos de encontros empresariais e dez de temáticas sociais. Interpreta-se que a concepção do vetor teve caráter estratégico na inserção que permitiu, através da contestação, proposição e cooperação, maior confiança e reconhecimento em iniciativas junto a países de mesmo status.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectSilva, Luis Inácio Lula da, 1945-pt_BR
dc.subjectDissertações - Sociologiapt_BR
dc.subjectPolitica internacionalpt_BR
dc.subjectDesenvolvimento socialpt_BR
dc.subjectDiscursos de campanha eleitoralpt_BR
dc.titlePolítica externa e desenvolvimento no discurso presidencial 2003-2010pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Arquivos deste item

Thumbnail

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples