Show simple item record

dc.contributor.authorSaraiva, Ariane de Oliveirapt_BR
dc.contributor.otherPereira, Alexsandro Eugenio, 1972-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Ciência Políticapt_BR
dc.date.accessioned2020-05-15T16:43:23Z
dc.date.available2020-05-15T16:43:23Z
dc.date.issued2012pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/27528
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Alexsandro Eugenio Pereirapt_BR
dc.descriptionDissertaçao (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciencias Humanas, Letras e Artes, Programa de Pós-Graduação em Ciência Política. Defesa: Curitiba, 29/03/2012pt_BR
dc.descriptionBibliografia: fls.115-125pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Relações Internacionaispt_BR
dc.description.abstractResumo: O tema da dissertação consiste na relação entre a política externa brasileira e o desenvolvimento e tem por objeto a condução da política externa do período 2003- 2010, analisada sob seus aspectos ideacionais, a partir da teoria construtivista. Baseado no discurso diplomático presidencial, o questionamento que se faz é sob quais temas o desenvolvimento foi concebido e como atenderam aos interesses da inserção internacional do país, sob o pressuposto de que essa esteve sob a influência de um neodesenvolvimentismo. O objetivo geral consiste em verificar como o vetor desenvolvimento foi entendido na política externa no período 2003-2010, quando a prioridade de aspectos sociais foi elemento central da candidatura do ex-presidente Lula. Por objetivos específicos tem-se: aplicar o aporte teórico metodológico construtivista ao estudo da PEB e, mais especificamente, ao período em questão, tendo em vista a mudança paradigmática; recorrer a uma análise histórica de como a PEB foi instrumentalizada ao longo de diferentes fases políticoeconômicasde natureza interna e externa com base no paradigma desenvolvimentista; e finalmente, avaliar a política externa do período sob dois aspectos: quais as ideias centrais presentes no discurso e quais seus principais desdobramentos políticos que na gestão Lula. A hipótese de trabalho é a de que a exteriorização do vetor desenvolvimento pode ser tida como uma estratégia de inserção internacional baseada na formação de uma imagem que o identificasse com países em desenvolvimento e permitisse iniciativas de liderança no âmbito da cooperação Sul-Sul, atendendo aos interesses ligados ao seu status internacional. Centrada no uso do tema "desenvolvimento", a investigação é feita com base numa amostra de 40 discursos proferidos ao público externo, dos anos 2003-2004 e 2009-2010. Para cada recorte temporal tomou-se dez discursos de encontros empresariais e dez de temáticas sociais. Interpreta-se que a concepção do vetor teve caráter estratégico na inserção que permitiu, através da contestação, proposição e cooperação, maior confiança e reconhecimento em iniciativas junto a países de mesmo status.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This dissertation aims to investigate the relationship between the brazilian foreign policy and the development in the period 2003-2010, it is analyzed from the constructivist theory perspective. Based on the presidential diplomatic discourse, the question is under which themes the development was designed and how it fulfilled the interests linked to the international insertion of the country, under the assumption that this was under the influence of a eodesenvolvimentismo. The main objective is to analyze how the vector development was understood in foreign policy in the period 2003-2010, when the priority of social aspects was at the center of the candidacy of President Lula. The specific goals are: to apply the theoretical and methodological constructivism to the PEB, especially to the period in question, in view of the paradigm shifts; use a historical analysis of how the PEB was manipulated through different phases and economic policies of internal and external nature-based developmental paradigm; and finally, evaluate the foreign policy of the period under two aspects: what are the central ideas that were present in the speech and what the main political developments that have expressed these guidelines by the Lula administration. The working hypothesis is that the outward vector development can be regarded as an international insertion strategy based on building an image to identify with developing countries and allow leadership initiatives within the framework of South-South cooperation, given the interests linked to their international status. The research is based on a sample of 40 speeches to external audiences in the years 2003-2004 and 2009-2010. For each time frame has been taken ten speeches of business meetings and ten of social issues. It is interpreted that its design was a strategic character in the insertion which could provide greater confidence and recognition to initiatives with other countries of the same status through the defense proposition and cooperation.pt_BR
dc.format.extent125f : tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectSilva, Luiz Inácio Lula da, 1945-pt_BR
dc.subjectDissertações - Sociologiapt_BR
dc.subjectPolitica internacionalpt_BR
dc.subjectDesenvolvimento socialpt_BR
dc.subjectDiscursos de campanha eleitoralpt_BR
dc.subjectCiência Políticapt_BR
dc.titlePolítica externa e desenvolvimento no discurso presidencial 2003-2010pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record