Show simple item record

dc.contributor.advisorPrevedello, Celso Luiz, 1952-pt_BR
dc.contributor.authorDivardin, Cesar Robertopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Ciencia do Solopt_BR
dc.date.accessioned2012-08-21T14:22:33Z
dc.date.available2012-08-21T14:22:33Z
dc.date.issued2012-08-21
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/27500
dc.description.abstractCom o objetivo de analisar as variações temporais de armazenamento de água e identificar as camadas e unidades de solo que mais efetivamente receberam e utilizaram a precipitação armazenada, foram realizadas 71 amostragens semanais de umidade durante o período de outubro/89 a maio/91, nas camadas de 0-20; 20-40; 40-60; 60-80; 80-100 e 100-120 cm das camadas seguintes unidades de solo: Latossolo Vermelho Escuro; Podzólico Vermelho Amarelo Latossólico; Podzólico Vermelho Amarelo e Cambissolo, todos no Município de Ponta Grossa (PR). Foram calculados, para as seis camadas, até 120 cm: armazenamento de água, armazenamento acumulado positivo e negativo e as regressões lineares desses armazenamentos acumulados em função do tempo (dias). Os coeficientes angulares das equações de regressão, que representam as taxas de variações diárias de armazenamento de água, foram então comparados, pelo teste t, entre camadas e entre unidades de solo. Os resultados mostraram, durante o período de tempo considerado (608 dias), que a) a camada de 0-20 cm foi a que mais efetivamente recebei e utilizou a precipitação armazenada, na seguinte ordem decrescente: Podzólico Vermelho Amarelo Latossólico, Podzólico Vermelho Amarelo, Latossolo Vermelho Escuro e Cambissolo, sendo responsável por cerca de 28; 25; 26,5 e 20 % das variações diárias de armazenamento do perfil de solo entre 0-120 cm respectivamente; b) os teores de silte e areia mostraram efeito positivo significativo nas taxas médias diárias das variações positivas e negativas de armazenamento de água dos solos; c) na hipótese de uma taxa diária de ascensão capilar nula, a máxima taxa de evapotranspiração média diária que cada solo poderia apresentar seria uma taxa moderada de 4,56 mm/diapt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectAgua na agricultura - Paranápt_BR
dc.subjectPlantas e aguapt_BR
dc.subjectSolos - Umidade - Paranápt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleVariações temporais no armazenamento de agua de alguns solos do segundo planalto Paranaensept_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record