Show simple item record

dc.contributor.authorRosa, Luisa Leyser da
dc.contributor.otherSteiner Neto, Pedro José, 1954-
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Programa de Pós-Graduação em Administração
dc.date.accessioned2015-11-16T20:05:03Z
dc.date.available2015-11-16T20:05:03Z
dc.date.issued2012
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/27475
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Pedro José Steiner Neto
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Administração. Defesa: Curitiba, 27/03/2012
dc.descriptionBibliografia: fls. 70-75
dc.description.abstractResumo: O objetivo central desse trabalho é verificar o processo de tomada decisão de compra, de pais, com filhos de dois até onze anos, em relação a produtos alimentícios, quando apresentados dois tipos de usuário, no segundo semestre de 2011, nas cidades de Caçador e São Leopoldo. Dentro da área de estudo do comportamento do consumidor se percebe uma concentração de trabalhos da tomada de decisão individual ou tomada de decisão influenciada por outras pessoas. Os processos que sustentam a tomada de decisão podem variar, dependendo do contexto. Já que as pessoas têm de fazer escolhas para si mesmas em situações regulares do dia-dia, o foco da pesquisa de tomada de decisão tem sido principalmente sobre a tomada de decisões pessoais (ou seja, decisões que os consumidores fazem para si próprios). Segundo Hibbing e Alford (2005) a tomada de decisão é o coração dos estudos do comportamento humano e, desta forma deveria ser também das ciências sociais. Desta forma, o presente trabalho oferece dados preliminares sobre a diferença do processo de tomada de decisão de compra, o que leva o consumidor optar por opções indulgentes e não indulgentes e se a teoria de autocontrole ajuda na averiguação dos fatos. A pesquisa é quantitativa e utiliza o método de levantamento, através de questionários. Foram aplicados 420 questionários no total, sendo 220 em colégios particulares situados na cidade de Caçador, no estado de Santa Catarina, e 200 em um colégio particular situado em São Leopoldo, no estado do Rio Grande do Sul. Percebe-se que a maioria, 80% dos entrevistados, consiste de mães. A idade média dos pais é de 39 anos, sendo que 65,40% têm menos de 41 anos, e a idade média das mães é 37,6 anos, sendo que 64,13% têm menos de 39 anos. Na amostra de entrevistados, 62,15% escolheram produtos saudáveis, quando o produto alimentício foi para eles mesmos. Entre os respondentes, 58,73% escolheram produtos não saudáveis, quando o produto alimentício era destinado para o seu filho. Através da análise de cluster verifica-se situações de não perda de autocontrole no conglomerado "Balanceado", onde não importava o qual era o usuário final do processo de escolha, o resultado era o mesmo. Diferente do conglomerado " Saudável" onde importou qual o usuário final do processo de tomada de decisão. Mesmo sendo o seu próprio filho, os consumidores participantes desse conglomerado perdem o autocontrole quando não estão decidindo para si mesmo.
dc.description.abstractAbstract: The main objective of this study is to verify the process of making purchasing decisions in relation to food products, when presented with two types of user, in the second semester 2011, in Brazil. Within the study area of consumer behavior also see a concentration of studies an individual decision making or decision influenced by other people. The processes that underlie the decision making process may vary depending on the context. Since people have to make choices for themselves in situations regular day to day, the focus of research decision-making has been mainly on the personal decision-making (ie, consumers make decisions for themselves). According to Hibbing and Alford (2005) decision-making is the heart of studies of human behavior and thus should also be the social sciences. Thus, this study may provide preliminary data on the difference in the process of making purchasing decisions, which leads consumers choose to not indulge indulgent options and the theory of self-control helps in finding the facts. The research is quantitative, descriptive and it uses the survey method using questionnaires. Around 420 questionnaires were administered in total, and 220 in private schools located in the town of Caçador in the state of Santa Catarina, and 200 in a private school located in São Leopoldo, state of Rio Grande do Sul. It is clear that most, 80% of respondents, consisting of mothers. The average age of parents is 39 years, and 65.40% are under 41 years, and the average age of mothers is 37.6 years, while 64.13% are under 39 years. In the sample of respondents, 62.15% chose healthy products when the product was food for themselves. Among the respondents, 58.73% chose unhealthy products, when the food product was designed for their child. In cluster analysis identified four types of cluster: "the healthy ones"," the careless", " the unhealthy ones" and " the balanced". Through cluster analysis we can see situations of self-control failure and surrogate decisions.
dc.format.extent80f. : grafs., tabs.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.relationDisponível em formato digital
dc.subjectTeses
dc.subjectComportamento do consumidor
dc.subjectCrianças consumidoras
dc.subjectProcesso decisorio
dc.subjectConsumidores - Atitudes
dc.subjectAdministração
dc.subject.ddc658.8342
dc.titleA tomada de decisão em duas situações: decisão para si próprio e para beneficiados : um estudo com pais de filhos com até onze anos de idade
dc.typeDissertação


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record