Show simple item record

dc.contributor.authorFreitas, Artur, 1975-pt_BR
dc.contributor.otherMagalhães, Marion Brepohl de, 1956-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Históriapt_BR
dc.date.accessioned2020-06-19T21:14:47Z
dc.date.available2020-06-19T21:14:47Z
dc.date.issued2007pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/27151
dc.descriptionOrientadora: Marion Brepohl de Magalhãespt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes, Programa de Pós-Graduação em História. Defesa: Curitiba, 2007pt_BR
dc.descriptionInclui bibliografiapt_BR
dc.description.abstractResumo: De saída, uma pergunta: como, eventualmente, a arte brasifeira de vanguarda reagiu - em termos estéticos e ideológicos - frente às contradições culturais dos ditos "anos de chumbo" do regime militar? Partindo dessa questão inicial, esta tese procurou desenvolver todo o tempo a idéia de que não é ausente de sentidos históricos a notável coincidência cronológica que existe entre os primeiros anos de vigência do Ato Institucional n° 05 (c. 1969-1973) e o surgimento de uma produção artística conceituai ou conceitualista, ela mesma voltada a problematizar a relação entre arte e realidade - aí incluídas, claro, tanto a "realidade" fenoménica quanto a social. Assim, buscando caracterizar as principais intenções estéticoideológicas do conceitualismo no Brasil e visando a interpretação conjunta daquilo a que o crítico Frederico Morais batizou, já na época, de "contra-arte" ou "arte de guerrilha", esta pesquisa optou pela análise de algumas obras-chave dos artistas Antonio Manuel, Cildo Meireles e Artur Barrio. palavras-chave: arte brasileira, arte conceituai, conceitualismo, arte e política, arte de guerrilha, Antonio Manuel, Artur Barrio, Cildo Meireles, Frederico Morais.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: In the first place, one asks: how, eventually, the vanguard Brazilian art reacted - in aesthetic and ideological terms - to worse years of military regime? In this way, this thesis bet in notable chronological coincidence that exists between first years of Institucional Act n° 05 (c. 1969-1973) and appearance of a conceptual or conceptualist artistic production inclined to discuss the relation between art and reality. Thus, this thesis intended to characterize the main aesthetic-ideological intentions of conceitualism in Brazil through analysis of exemplary works of the artists Antonio Manuel, Cildo Meireles and Artur Barrio. For this, the research interpreted some vanguard actions realized in the context of "counter-art" or "guerrilla art", according to expressions of art critic Frederico Morais. key-words: Brazilian art, conceptual art, conceptualism, art and politics, guerrilla art, Antonio Manuel, Artur Barrio, Cildo Meireles, Frederico Morais.pt_BR
dc.format.extentv, 356f. : il. algumas color.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectArte brasileirapt_BR
dc.subjectArte conceitualpt_BR
dc.subjectArte e Estadopt_BR
dc.subjectPolítica na artept_BR
dc.subjectTeses - Históriapt_BR
dc.subjectHistóriapt_BR
dc.titleContra-arte : vanguarda, conceitualismo e arte de guerrilha - 1969-1973pt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record