Show simple item record

dc.contributor.authorBrusamarello, Tatiana, 1977-pt_BR
dc.contributor.otherMaftum, Mariluci Alvespt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagempt_BR
dc.date.accessioned2018-05-23T17:47:45Z
dc.date.available2018-05-23T17:47:45Z
dc.date.issued2011pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/26856
dc.descriptionOrientadora: Profª Drª Mariluci Alves Maftumpt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. Defesa: Curitiba, 22/03/2011pt_BR
dc.descriptionInclui bibliografiapt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Prática profissional de enfermagempt_BR
dc.description.abstractResumo: Os objetivos deste estudo foram identificar necessidades de ações educativas em saúde mental com familiares e pessoas com transtornos mentais de um projeto de extensão universitária, desenvolver ações de educação em saúde mental com familiares e pessoas com transtornos mentais de um projeto de extensão universitária e avaliar as ações de educação em saúde mental com familiares e pessoas com transtornos mentais de um projeto de extensão universitária. Trata-se de um estudo qualitativo, do tipo pesquisa-ação, desenvolvido no período de 2009 a 2010, no município de Curitiba, no Projeto de Extensão "O cuidado à saúde de pessoas com sofrimento mental e familiares". Participaram seis pessoas com transtorno mental e sete familiares. A coleta dos dados foi realizada mediante entrevista semiestruturada individual e seis seminários. Os dados foram analisados de acordo com a proposta de Minayo, resultando em sete categorias: Dinâmica de convivência da família com a pessoa com transtorno mental no atual modelo de assistência a saúde; O significado de família; A relação intra e interfamiliar; A família ante as mudanças na atenção em saúde mental; Sobrecarga familiar no cuidado à pessoa com transtorno mental; As mudanças decorrentes da reforma psiquiátrica e sua implicação para a família; e O conhecimento como auxílio no enfrentamento e no cuidado à pessoa com transtorno mental. Os seminários educativos promoveram aquisição e aprofundamento de conhecimentos a respeito das temáticas trabalhadas e impulsionaram a autorreflexão. Os participantes externaram que houve crescimento pessoal e mudanças no modo de agir e pensar a respeito do transtorno mental e da pessoa por ele acometida, assim se tornou possível o desenvolvimento do empoderamento dos sujeitos. A escolha do método da pesquisa-ação foi apropriada para o desenvolvimento deste estudo, e apesar da limitação do tempo, permitiu valorizar o conhecimento e a participação dos indivíduos no desenvolvimento das ações educativas. Foi possível perceber que a família precisa receber orientações e suporte para que possa reorganizar e reordenar seus papéis diante da realidade de conviver com a pessoa com transtorno mental. Isso equivale a receber informações adequadas dos profissionais de saúde quanto aos sintomas, às causas do transtorno mental, aos modos de tratamento, de abordagem, à convivência, relacionamento no domicílio, enfrentamento social, entre outros. Assim, entre os diversos modos de cuidar em saúde mental, a educação em saúde se destaca para a prática do enfermeiro por ser um instrumento para a promoção da qualidade de vida de indivíduos, famílias e comunidades.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The objectives in this study were: To identify needs for educational mental health actions to family members and mental patients of a university extension project; To develop educational mental health actions to family members and mental patients of a university extension project; To assess educational mental health actions to family members and mental patients of a university extension project. It is a qualitative study, action-research in nature, carried out between 2009 and 2010 in the municipality of Curitiba, Parana State/Brazil in the Extension Project: "Health care to mental illness sufferers and their family members." Six mental patients participated in the research along with seven family members. Data collection was held by means of an individual semi-structured interview and six seminars. Data were analyzed according to Minayo’s proposal, resulting in seven categories: Family dynamics of living with the mental patient in the current health care model; The meaning of family; Family intra and inter-relationship; Family facing the changes in mental health care; Family overload while caring the mental patient; Consequent changes from psychiatric reform and their implications in the family; Knowledge as coping support to mental patient care. Educational seminars fostered knowledge acquisition and refinement on the developed themes and triggered self-reflection. The participants disclosed that there was personal growth and changes in the way of thinking and acting towards the mental illness and the mental illness sufferer, thus enabling the development of the subjects’ empowerment. The choice of the action-research method was appropriate for the study development, in spite of time constraints, because it enabled to value knowledge as well as individual participations in the development of educational actions. It was possible to apprehend that families need guidance and support so that they can reorganize and reorder their roles facing the reality of living with a mental disorder sufferer. This means to be provided with health professionals’ proper information on symptoms, the causes of mental disorders, ways of treatment, approach, living with a mental disorder sufferer, home relationship, social coping, among others. Thus, among the several mental health caring ways, health education stands out for nursing practice as it is an instrument to promote individual, family and community quality of lifept_BR
dc.format.extent134 f. : grafs., tabs. ; 30 cm.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectEnfermagempt_BR
dc.subjectSaúde mentalpt_BR
dc.subjectEducação em saudept_BR
dc.subjectEnfermagempt_BR
dc.titleCuidado de enfermagem com familiares e pessoas com transtorno mental na extensão universitáriapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record