Show simple item record

dc.contributor.advisorSoares, Ronaldo Viana, 1943-pt_BR
dc.contributor.authorIritani, Cecília, 1942-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestalpt_BR
dc.date.accessioned2017-05-10T17:44:57Z
dc.date.available2017-05-10T17:44:57Z
dc.date.issued1981pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/26614
dc.descriptionReproduçao eletrostaticapt_BR
dc.descriptionResumos em portugues e inglespt_BR
dc.descriptionContem dados biograficospt_BR
dc.descriptionApendice: f. 141-163pt_BR
dc.descriptionOrientador: Ronaldo Viana Soarespt_BR
dc.descriptionDissertaçao (mestrado) -Universidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Engenharia Florestalpt_BR
dc.descriptionBibliografia: f. [134]-140pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Silviculturapt_BR
dc.description.abstractEsta pesquisa refere-se ã propagação vegetativa por estaquia de duas essências florestais nativas do sul do Brasil, Ilex paraguariensis St. Hilaire e Araucaria angustifolia (Bert) O. Ktze. usando-se material vegetativo com folhas e aplicação de reguladores do crescimento, em duas épocas do ano: fim de verão-outono e inverno. As condições de enraizamento foram dadas mediante o uso da nebulização intermitente. regulada em 10 segundos para as aspersões e 8 minutos de intervalo entre aspersões; a intensidade luminosa foi de cerca de 2.000 lux para a maior parte do dia; o substrato utilizado foi o de areia de construção média. peneirada e lavada, com um sistema de aquecimento para os meses do inverno. regulado para manter a te peratura de 20Cº nas bases das estacas. Os reguladores de crescimento utilizados foram os ácidos indol-3-acético e indol-3-butírico nas concentrações de 3.000 e 5.000 ppm. aplicados via talco. após pré-tratamento com uma solução de NaOH. Para as estacas de erva-mate a coo centração da solução foi 2N, com tempo de imersão das bases das estacas por 2 minutos; para as de araucária. a solução tinha pH 10. e o tempo de imersão das bases das estacas foi de 20 segundos. Nas estacas de erva-mate, os tratamentos com a solução de NaOH mais a aplicação das auxinas influenciaram beneficamente o enraizamento, a brotação e a retenção das folhas nos dois plantios; a atuação apenas do pré-tratamento, foi verificada no segundo plantio e os resultados mostraram que ele interferiu somente no estímulo da brotação. As estacas -de araucária, apresentaram baixa porcentagem de enraizamento, necessitando-se de investigações experimentais quanto à técnica de aplicação de auxinas e melhores condições e época de enraizamento. O aspecto anatômico da iniciação radicial em ambas as espécies também foi analisado e descrito.pt_BR
dc.description.abstractThis research is an investigation about vegetative pr~ pagation by stem cuttings of Ilex paraguariensis St. Hilaire and Araucaria angustifolia (Bert) O. Ktze, in two periods of the year, summer-autumm and winter-spring, using two growth regulators:indole-3-acetic acid and indole-3-butyric acid at 3.000 and 5.000 ppm. Prior to the application of growth regulator the cuttings were submitted to a pre-treatment with NaOH (2 minutes in a 2N solution for Ilex and 20 seconds in a pH= 10 solution for Araucaria cuttings). The vegetative material employed were leafy cuttings. Environmental conditions for root formation were provided by intermittent mist (8 minute intervals, and 10 seconds for as persions) and light intensity at 2.000 lux for the most part of the day. Substrate used was medium size sand, sifted and washed, with basal heating system for winter months,adjusted to 20º C at the base of cuttings. In the Ilex cuttings the treatments with the NaOH solution and auxins stimulated leaf retention, shoots elongation and rooting in both trials; the pre-treatment by itself , stimulated only shoots elongation in the second experiment. Araucaria cuttings presented a very low rooting percentage. More experimental investigations on growth regulators applications, environmental conditions and appropriated time for rooting are needed. The anatomical processes of root formation were analysed and described for both species.pt_BR
dc.format.extent163f.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponivel em formato digitalpt_BR
dc.subjectPlantas - Propagação por estaquiapt_BR
dc.subjectRaizes (Botanica)pt_BR
dc.subjectErva-mate - Crescimentopt_BR
dc.subjectPinheiro-do-parana - Crescimentopt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleAçao de reguladores do crescimento na propagaçao vegetativa por estaquia de Ilex paraguariensis Saint Hilaire e Araucaria angustifolia (Bert.)O. Ktzept_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record