Show simple item record

dc.contributor.advisorMachado, Sebastião do Amaral, 1939-pt_BR
dc.contributor.authorFigueiredo Filho, Afonso, 1951-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Engenharia Florestalpt_BR
dc.date.accessioned2013-06-24T17:53:13Z
dc.date.available2013-06-24T17:53:13Z
dc.date.issued2013-06-24
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/26612
dc.description.abstractEsta pesquisa foi desenvolvida a partir de dados oriundos de 476 unidades de amostras medidas em uma floresta tropical úmida da regido amazônica, nos municípios de Tefé e Juruá, Estado do Amazonas. Estas amostras tinham 2.500 m² de área com dimensões de 10 m x 250 m, sendo que 70 delas foram medidas na tipologia denominada de "Floresta de Várzea" e as demais, na tipologia "Floresta de Terra Firme". Foi objetivo principal do trabalho, testar uma serie de modelos de regressão disponíveis na literatura e também elaborar modelos pelo processo Forward para estimar o volume comercial com casca em m³/ha de um grupo de espécies economicamente importantes e de todas as espécies amostradas, exceto as Palmeiras a partir do diâmetro médio aritmético, altura comercial média, área basal e número de árvores por hectare. Aplicou-se ainda, os testes de paralelismo e de coincidência a fim de verificar as possibilidades de agrupar os dados das tipologias estudadas. Entre os modelos pré-selecionados na literatura, destacou-se como o mais eficiente em todos os casos estudados, o logarítmico: log V = log b0 + b1log G²h V = volume comercial com casca em m³/ha G = área basal com casca em m²/ha h = altura comercial média (m) Esta equação apresentou erros (Syx) inferiores a 4,98% e coeficientes de determinação (R²) superiores a 0,9825 em todos os aspectos pesquisados. Os modelos resultantes do processo Forward, na maioria das vezes, foram constituídos por duas variáveis independentes, com contribuições significativas na precisão. A seleção dos modelos foi feita através de comparação e análise dos seguintes elementos indicadores de precisão: Erro Padrão de Estimativa em percentagem (Syx), Coeficiente de Determinação (R²), Soma de Quadrados dos Resíduos, Provabilidade Cumulativa e a Distribuição Gráfica dos Resíduos em percentagem.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectFlorestas - Medição - Modelos matematicospt_BR
dc.subjectFlorestas - Amazônia (BR)pt_BR
dc.subjectSilvicultura - Amazônia (BR)pt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleEstudos de modelos matemáticos para estimar o volume por unidade de área de uma floresta tropical úmida na Amazônia brasileirapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record