Show simple item record

dc.contributor.authorWaltrick, Josiane Cristina Nogueirapt_BR
dc.contributor.otherFavaretto, Nerilde, 1969-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Ciencias do Solopt_BR
dc.date.accessioned2012-12-14T15:45:15Z
dc.date.available2012-12-14T15:45:15Z
dc.date.issued2012-12-14
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/26489
dc.description.abstractResumo: Planejamento e gestão adequados a cada bacia tornam-se ações essenciais no intuito de amenizar a poluição das águas devido às consequências do uso intenso do solo. Nesse sentido os objetivos deste trabalho foram: 1) estimar a vulnerabilidade de perda de fósforo (P) na Microbacia Hidrográfica do Campestre, Colombo – PR, aplicando cinco versões de P-Index (índice de fósforo –IP); 2) comparar os dados estimados com os dados analíticos de P determinados na água do rio e no escoamento superficial de encostas agrícolas coletados na área de estudo nos anos de 2007 e 2008; e 3) avaliar o efeito do uso e cobertura do solo e do fator conectividade na estimativa de perda de P. A área de estudo é caracterizada pela agricultura intensiva com cultivo de olerícolas, presença de solos rasos, taxas elevadas de aplicação de fertilizantes minerais e orgânicos e alta declividade. Diante deste cenário um elevado potencial de perda de fósforo nas áreas de uso agrícola é esperado. Os dados de IP nas diferentes versões foram obtidos a partir do cruzamento dos planos de informação referentes aos fatores de transporte e fonte de P, utilizando o software IDRISI 15.0. Além de serem aplicadas em toda a microbacia, foram também por sub-bacias (A, B e C) e por encosta agrícola (65 encostas). Os resultados de IP foram similares nas cinco versões, ambas classificaram a área agrícola da microbacia como vulnerabilidade muito alta, sendo a versão de Montana e Nebraska as de maior rigor. O aumento da percentagem de área agrícola e a diminuição do fator conectividade (distância da área agrícola ao rio e/ou largura da faixa de vegetação nativa) interferiram nos resultados de IP, aumentando o risco de perda de P. Os valores estimados de IP apresentaram baixa correlação com os dados de P-total obtidos na água do rio da microbacia, no entanto refletiu melhor o que aconteceu nas encostas. Estes dados indicam a importância do uso do solo de acordo com sua potencialidade e a necessidade de adoção de práticas de conservação como plantio em nível bem como uma melhor gestão de P, principalmente na redução da taxa de aplicação.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectSolos - Usospt_BR
dc.subjectSolos - Conservaçãopt_BR
dc.subjectSolos - Erosãopt_BR
dc.subjectSolos - Teor de fosforopt_BR
dc.titleAplicação da metodologia P-Index na microbacia hidrográfica do Campestre-Colombo (PR)pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record