Show simple item record

dc.contributor.authorBobrowski, Rogériopt_BR
dc.contributor.otherBatista, Daniela Biondi, 1956-pt_BR
dc.contributor.otherFigueiredo Filho, Afonso, 1951-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestalpt_BR
dc.date.accessioned2019-02-01T16:57:51Z
dc.date.available2019-02-01T16:57:51Z
dc.date.issued2011pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/26399
dc.descriptionOrientadora : Profa. Dra. Daniela Biondipt_BR
dc.descriptionCoorientador: Prof. Dr. Afonso Figueiredo filhopt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal. Defesa: Curitiba,06/06/2011pt_BR
dc.descriptionBibliografia: fls. 129-144pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração : Conservação da Naturezapt_BR
dc.description.abstractResumo: A constante preocupação com a arborização de ruas tem levado a crescentes avaliações da mesma em diversas cidades brasileiras, visando principalmente a caracterização da composição de espécies e dos problemas decorrentes das opções de plantio feitas. Por outro lado, em cidades com arborização de ruas planejada e implantada a longo tempo a preocupação pode ir além disso. Neste sentido o objetivo geral desta pesquisa foi avaliar e analisar as características da estrutura e a dinâmica da arborização de ruas da cidade de Curitiba-PR no período 1984-2010. O trabalho consistiu em remedir e comparar os dados obtidos em quinze unidades amostrais do inventário efetivado por Milano (1984) utilizando os mesmos procedimentos de coleta de dados e os croquis de localização das parcelas. As características estruturais analisadas foram: quantitativo de árvores, composição de espécies e proporção de táxons, índices de diversidade, padrão de plantio, cobertura por copas e condição das árvores. A dinâmica da arborização de ruas foi analisada em quatro tópicos: dinâmica da quantidade de árvores, distribuição e incremento do DAP, distribuição e incremento da altura e distribuição e incremento da área de copa. Os resultados obtidos demonstraram que para a quantidade total de árvores entre 1984 e 2010 a diferença positiva encontrada não foi significativa (p>0,05). Houve redução do número de árvores para a maioria das parcelas, com aumento de 235,45% para a parcela Bacacheri 03 e 821,43% para a parcela Boqueirão, porém com sinais de melhor distribuição do quantitativo entre as parcelas. A análise da composição de espécies revelou aumento de 29,79% no número de espécies observadas, com redução de 90,98% para 80,87% do total de árvores concentradas entre as quinze espécies mais freqüentes. A proporção dos táxons foi adequada, com exceção da elevada freqüência de Lagerstroemia indica (extremosa) e Ligustrum lucidum (alfeneiro). Os índices de diversidade de Shannon-Weaver, de riqueza de Odum, de equitabilidade de Pielou tiveram valores maiores em 2010 e foram estatisticamente diferentes (p<0,01) daqueles de 1984 para mais de 80% das parcelas. Os padrões de plantio foram mantidos para 13 parcelas, fato este associado com o índice de similaridade de espécies que foi significativo (p<0,01) para as mesmas 13 parcelas. A cobertura por copas teve aumento estatisticamente significativo (p<0,01) para 14 parcelas, com incrementos variando entre 0,89m²/árvore.ano a 3,28m²/árvore.ano. A condição das árvores se manteve próxima à condição satisfatória, porém foi estatisticamente diferente (p<0,01) para 11 parcelas. As distribuições dos dados em classes de DAP, de altura e de área de copa demonstraram que para o total há tendência da curva apresentar forma em &quot;J invertido", típico de povoamentos multiâneos, porém quando analisados os dados por parcelas e por espécie há tendência para uma curva de distribuição unimodal, com exceção da área de copas que manteve a forma decrescente. A dinâmica das distribuições demonstrou haver remoção dos dados das classes inferiores com recrutamento nas classes superiores, havendo maior simetria na distribuição. Em função das características da estrutura e da dinâmica analisada conclui-se que a arborização de ruas de Curitiba apresenta sinais de sustentabilidade e de amadurecimento, porém com algumas ressalvas que depreciam esta qualidade.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The constant concern about urban street trees has led to growing assessments of that in several Brazilian cities, targeting mainly the characterisation of species composition and problems of planting choices made. On the other hand, in towns with planned urban street trees, established a long time ago, concerns can go beyond that. In this sense, the general objective of this research was to evaluate and analyze characteristics of the structure and dynamics of street trees of Curitiba-PR in the period 1984-2010. The work consisted of remeasuring and comparing data obtained in fifteen plot units of the inventory effected by Milano (1984) using the same data collection procedures and sketch maps of samples location. The structural characteristics examined were: quantity of trees, species composition and proportion of taxa, diversity indices, planting pattern, canopy cover and trees condition. The dynamic of urban street trees was examined into four topics: quantity of trees dynamic, DBH distribution and increment, height distribution and increment and canopy area distribution and increment. The results showed that for the total quantity of trees between 1984 and 2010 the positive difference found was not significant (p > 0.05). There was reduction in the number of trees for most of the plots, with increase of 235.45% for the Bacacheri 03 plot and 821.43% for Boqueirão plot, but with signs of better quantitative distribution between plots. The analysis of species composition revealed an increase of 29.79% in the number of species observed, with reduction from 90.98% to 80.87% of the total trees concentrated among the fifteen most frequent species. The proportion of taxa was suitable, with the exception of high frequency of Lagerstroemia indica (crape myrtle) and Ligustrum lucidum (glossy privet). The indices of diversity of Shannon-Weaver, richness of Odum, evenness of Pielou had larger values in 2010 and were statistically different (p < 0.01) from 1984 to over 80% of the plots. Planting patterns were kept for 13 plots, and this is associated with the index of similarity of species which was significant (p < 0.01) for the same 13 plots. Canopy cover had statistically significant increases (p < 0.01) to 14 plots, with increments ranging from 0.89 m²/tree.year up to 3.28m²/tree.year. The condition of trees remained close to satisfactory condition, but was statistically different (p < 0.01) for 11 plots. Distributions of data into classes of DBH, height and canopy area showed that for the overall the curve tends to display a &quot;J inverted " form, typical of uneven-aged forests, but when data are analyzed for plots and species there is a tendency for a unimodal distribution curve, with the exception of canopy area that kept the descending form. The dynamic of distributions showed no removal of data from the lower classes with recruitment in the upper classes, there being greater symmetry in the distribution. Depending on the characteristics of the structure and dynamics assessed it was concluded that Curitiba street trees show signs of sustainability and maturement, but with some caveats that detract this quality.pt_BR
dc.format.extent144f. : il. [algumas color.], grafs., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectArborização das cidades - Curitiba (PR)pt_BR
dc.subjectPaisagem urbana - Curitiba (PR)pt_BR
dc.titleEstrutura e dinâmica da arborização de ruas de Curitiba, Paraná, no período 1984-2010pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record