Show simple item record

dc.contributor.authorSobotka, Daiane Dinizpt_BR
dc.contributor.otherPie, Marcio Robertopt_BR
dc.contributor.otherReinert, Bianca Luizapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Biológicas. Programa de Pós-Graduaçao em Ecologia e Conservaçaopt_BR
dc.date.accessioned2011-10-26T09:10:21Z
dc.date.available2011-10-26T09:10:21Z
dc.date.issued2011-10-26
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/26291
dc.description.abstractResumo: Estabilidade de casais é a base para as teorias sobre diferenças ecológicas entre áreas temperadas e tropicais. Quando o casal protege o território por longo tempo, o sistema territorial e reprodutivo é chamado de monogamia estável. Muitas aves socialmente monogâmicas realizam cópulas com um indivíduo que não é seu parceiro social, de forma a serem chamadas cópulas extra-par. O conceito de monogamia foi redefinido devido à aplicação de técnicas moleculares, sendo considerado atualmente como uma complexa interação de conflitos de interesses entre machos e fêmeas. A troca na composição do casal pode favorecer a aptidão individual, contribuindo para que o indivíduo se estabeleça em um local com qualidade superior. Foram obtidos dados demográficos de quase cinco anos de estudo e amostras genéticas de uma população anilhada de Stymphalornis acutirostris, uma espécie endêmica da Floresta Atlântica e ameaçada de extinção do litoral sul do Brasil. Mudanças na composição dos casais foram comuns e houve casos de paternidade extrapar em quatro de 30 filhotes analisados. O índice de sincronismo reprodutivo foi alto e a taxa de cópula extra-par foi baixa. A alta similaridade genética encontrada entre todos os adultos, mostra um alto grau de parentesco na população estudada. O grande número de mudanças na composição dos casais contribui para a variabilidade genética, mas pode relacionar-se com a baixa disponibilidade de alimento e/ou a baixa capacidade reprodutiva. A baixa taxa de fertilização extra-par contribuiu para seu alto índice de similaridade na espécie, o que indica reduzida variabilidade genética e consequentemente implica em preocupação para sua conservação no futuro.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleComportamento de casais e estudo de paternidade em uma parcela da população de Bicudinhos do Brejo (Stymphalornis Acutirostris - Thamnophilidae - Aves), em Guaratuba, Paraná, Brasilpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record