Show simple item record

dc.contributor.advisorBaibich, Tânia Maria, 1953-pt_BR
dc.contributor.authorWitkoski, Silvia Andreispt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.date.accessioned2022-08-05T18:59:04Z
dc.date.available2022-08-05T18:59:04Z
dc.date.issued2011pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/26125
dc.descriptionOrientadora: Profª Drª Tânia Maria Baibich-Fariapt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Defesa: Curitiba, 02/06/2011pt_BR
dc.descriptionBibliografia: fls. 219-229pt_BR
dc.description.abstractResumo: Realiza estudo etnográfico, com base teórica sócio antropológica sobre a surdez, que a perspectiva como uma diferença, contrapondo-se aos discursos clínico-terapêuticos. A pesquisa de campo desenvolveu-se em uma escola para surdos de uma capital brasileira, que oficialmente se autodenomina como bilíngue, durante todo o ano de 2010. A observação efetivou-se no espaço da sala de aula, de uma turma de alunos surdos, da sétima série, nas disciplinas de Língua Portuguesa e Língua Brasileira de Sinais. A realidade observada demonstra que, na contramão da proposta bilíngue prevista para a educação dos surdos, a escola observada, que representa o universo de outras escolas para surdos, caracteriza-se pela absoluta ausência de um ensino qualificado e diferenciado para os surdos, com o predomínio de práticas oralistas. Confirma que a escola continua produzindo e reproduzindo práticas que induzem a condição de iletrados-funcionais, que a maioria dos surdos brasileiros alcança mesmo depois de permanecerem anos nos bancos escolares. Entre os fatores que conduzem a este resultado, a análise dos dados empíricos aponta para: (a) o preconceito contra os alunos surdos que os estigmatiza a como deficientes e sem condições efetivas de desenvolvimento semelhante aos ouvintes, (b) a não formação ou formação deficitária dos professores, (c) as tentativas de normalização do surdo à cultura hegemônica, que repercutem negativamente na sua formação identitária e no seu sentimento de pertença.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This work performs an ethnographic study, under a social-anthropological theoretical basis on deafness, that puts it under the perspective of difference, oppositely to the clinical and therapeutical discourse. The field research was developed in a school for deafs in a Brazilian state capital, that officially names itself as bilingual, during the whole year of 2010. The observation was accomplished in the space of a deaf seventh grade students’ classroom, during the classes of Portuguese Language and Brazilian Sign Language. The reality observed shows that, in spite of the bilingual proposition prescribed for the education of deafs, the observed school, which represents the universe of other deaf schools, is characterized by an absolute absence of a qualified and differentiated teaching method for deafs, with a predominance of oral targeted practices. It confirms that school goes on producing and reproducing practices that induce the condition of being functional illiterates, which the majority of Brazilian deafs achieve even after sitting during years on the school chair. Among the causes that conduce to this result, the analysis of the empirical data points to: (a) the prejudice against deaf students, that stigmatizes them as handicapped people who have not as effective development conditions as hearing people; (b) the absent or deficient formation of teachers; (c) the efforts to absorb the deaf into the hegemonic culture, which acts negatively both on his identitarian formation and on his sense of belonging.pt_BR
dc.format.extent255 f. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectEducação especialpt_BR
dc.subjectSurdos - Educaçãopt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.titleEducação de surdos e preconceito : bilinguismo na vitrine e bimodalismo precário no estoquept_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record