Show simple item record

dc.contributor.advisorBatista, Daniela Biondi, 1956-pt_BR
dc.contributor.otherArce, Julio Eduardo, 1968-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestalpt_BR
dc.creatorCarrillo, Andrea Caropt_BR
dc.date.accessioned2022-11-16T15:47:48Z
dc.date.available2022-11-16T15:47:48Z
dc.date.issued2003pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/26105
dc.descriptionOrientador : Daniela Biondi Batistapt_BR
dc.descriptionCo-orientador : Júlio Arcept_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Conservação da naturezapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciencias Agráriaspt_BR
dc.description.abstractResumo: Na Educação Ambiental, a utilização de uma espécie bandeira, pode ser uma importante estratégia para discutir, junto ao público envolvido, as inter-relações existentes entre as espécies, seus ambientes e o ser humano. O papagaio-de-cara-roxa (Amazona brasiliensis), ocorre na Floresta Atlântica, é uma espécie endêmica da região e ameaçada de extinção. E um interessante tema para promover, nas escolas locais, uma discussão sobre a sua realidade. A presente dissertação teve como objetivo avaliar a experiência de Educação Ambiental do "Projeto de Conservação do Papagaio-de-Cara-Roxa (Amazona brasiliensis)", junto ao ensino-formal, realizado pela Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental (SPVS), no litoral norte do estado do Paraná. A experiência teve o intuito de fomentar, tanto no corpo docente como no corpo discente, uma prática de ensino e de aprendizagem que contextualize a realidade ambiental local. Além disso, promoveram-se discussões sobre valores e princípios que norteiam as relações homem/natureza, desenvolvendo-se assim uma interação mais responsável com o meio ambiente. Foram desenvolvidos nos de 2000 e 2001, Módulos-Educativos sobre o papagaio-de-cara-roxa e seu ambiente, direcionados a 795 alunos e Cursos de Capacitação em Educação Ambiental para 192 professores do ensino fundamental, nos municípios de Paranaguá e Guaraqueçaba. Para analisar a eficácia das atividades foram desenvolvidos testes, antes e depois do processo, para os alunos. Esta análise possibilitou medir as mudanças com relação ao incremento de conhecimento, postura e valorização do papagaio-de-cara-roxa e de seu ambiente. Para os professores, foi elaborado um questionário com questões a respeito do papagaio-da-cara-roxa e seu ambiente, concepções sobre "meio ambiente", "desenvolvimento" e "Educação Ambiental". A realização dos módulos educativos fomentou nos alunos, o aumento de conhecimento sobre o papagaio-de-cara-roxa, uma maior valorização da ave e o aumento da indicação de posturas positivas para a sua conservação. Com relação à percepção que os alunos possuem sobre o ambiente em que vivem, constatou-se uma visão segmentada, sendo observada uma forte dissociação entre o ambiente natural e o construído. Observou-se que os alunos que participaram do segundo ano da realização dos módulos educativos, já iniciaram as atividades, com um maior nível de informações e de valorização da espécie e de seu ambiente do que os alunos do ano anterior. Este resultado deve-se ao trabalho desenvolvido pelos professores que foram instrumentalizados para o papel de agentes multiplicadores. Foi constatado que, os professores do município de Guaraqueçaba, desenvolveram uma concepção mais elaborada de "meio ambiente" e "desenvolvimento". Muito embora, seus alunos ainda compreendam tais contextos de maneira segmentada. Isto indica que os docentes devem ser melhor instrumentalizados para trabalhar com o este tema de forma transversal. Concluiu-se que, para se iniciar um processo de sensibilização, almejando a conservação de uma espécie, é necessário disponibilizar todas as informações sobre o tema, transformando a linguagem científica em uma linguagem agradável, para o desenvolvimento de atividades educativas. O conhecimento é fundamental para a reflexão sobre as relações entre o ser humano e seu ambiente e a conseqüente e demorada mudança postural.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The utilization of a flag species in environmental education can be an important strategy to discuss, along with the target audience, the interrelations between the species, their habitats, and man. The red-tailed-parrot (Amazona brasiliensis), which occurs in the Atlantic Rainforest, is considered an endemic species in the region and is threatened with extinction. Discussing its reality and environment is an interesting theme to promote in local schools. This dissertation aims to analyze and evaluate the environmental education experience of the project "Conservation of the red-tailed-parrot (Amazona brasiliensis)", together with formal teaching, held by Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental (SPVS), in the northern coast of Paraná State. This work had the objective of promoting a teaching method among students and teachers, which contextualizes the local environment and its problems. Discussions on the values and principles of man/nature relations we re also promoted, developing a more environmentally-responsible interaction. Between 2000 and 2001, educative modules on the red-tailed-parrot and its habitat were developed for 795 students and 192 elementary school teachers from the municipalities of Paranaguá and Guaraquecaba. In order to analyze the efficiency of the activities, tests, before and after the process, were developed for the students. This analysis enabled a measurement of changes with respect to an increase in knowledge, posture, and valuationo of the red-tailed-parrot and its habitat. For the teachers, a questionnaire on environmental perception was elaborated, which verified their perception with respect to the species and its environment and their concepts on the "environment", "development", and "Environmental Education." The education modules promoted among students an increase in knowledge on the red-tailed-parrot, a greater valuation of the bird, and an increase in positive postures towards its conservation. With respect to the students' perception on the environment in which they live, a fragmented vision was noted between the natural environment and the urban environment. The students that participated in the second year of the holding of modules began their activities with a higher level of valuation and information about the species and its habitat than the students of the previous year. This result can be attributed to the teachers who were trained to be multiplying agents. It was possible to see that Guaraquecaba's teachers developed a more elaborate concept of "environment" and "development." However, if we analyze the segmented knowledge of the students still have about the environment, it is easy to see that the teachers need more information and training to work with this theme in a transversal manner, contextualizing theory with the local reality. In conclusion, in order to begin a "sensibilization" process, aiming to conserve a species and its habitat, it is necessary to make information on the theme available, transforming scientific language into an enjoyable language, for the development of education activities. Knowledge is fundamental for the reflection and the consequent and long-lasting change in posture.pt_BR
dc.format.extent138f. : il. colors, grafs., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digital.pt_BR
dc.subjectVida selvagem - Conservação - Paranápt_BR
dc.subjectEspecies em extinção - Paranápt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleEducação ambiental para a conservação do papagaio-da-cara-roxa (Amazonas brasiliensis), no Estado do Paraná : uma experiencia na escolapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record