Show simple item record

dc.contributor.advisorFigueiredo Filho, Afonso, 1951-pt_BR
dc.contributor.authorBonetes, Laertept_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Engenharia Florestalpt_BR
dc.date.accessioned2013-06-11T19:03:53Z
dc.date.available2013-06-11T19:03:53Z
dc.date.issued2013-06-11
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/26103
dc.description.abstractResumo: O presente trabalho de pesquisa teve como principal objetivo avaliar diferentes intensidades de amostragem e diferentes formas e tamanhos de unidades amostrais para as estimativas da área basal por hectare, do número de árvores por hectare e dos índices fitossociológicos para oito espécies florestais. Os valores estimados foram comparados com os valores paramétricos obtidos com a realização do censo florestal de 20 hectares em povoamento florestal localizado na Floresta Nacional de Chapecó, município de Guatambu, Santa Catarina. A tipologia florestal da área de estudo corresponde a Floresta Ombrófila Mista. Os índices fitossociológicos estimados foram a dominância absoluta, dominância relativa, densidade absoluta, densidade relativa e o índice de valor de cobertura IVC. Foram utilizados oito tamanhos de unidades amostrais abrangendo de 200 m2 a 4.000 m2 e as intensidades de amostragem utilizadas foram de 4%, 1 O% e 1 6%. totalizando 24 simulações da amostragem sistemática. Foram calculados os erros reais e os erros de amostragem para as estimativas da área basal média por hectare e do número de árvores por hectare (englobando todas as espécies), da área basal por hectare e por espécie, do número de árvores por hectare e por espécie e para os índices fitossociológicos. As estimativas da área basal média por hectare e do número de árvores por hectare, englobando todas as espécies, foram precisas resultando em erros reais menores de 12% para as unidades amostrais e para as intensidades de amostragem utilizadas. As estimativas da área basal por espécie, do número de árvores por espécie e dos índices fitossociológicos não foram precisas para os tamanhos das unidades amostrais testadas e para as intensidades de amostragem utilizadas.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectInventario florestal - Amostragem - Santa Catarinapt_BR
dc.subjectComunidades vegetais - Santa Catarinapt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectFloresta Nacional de Chapecó (SC)pt_BR
dc.titleTamanho de parcelas e intensidade amostral para estimar o estoque e índices fitossociológicos em uma floresta ombrófila mistapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record