Show simple item record

dc.contributor.authorLisboa, Marcelino Teixeirapt_BR
dc.contributor.otherArturi, Carlos Schmidtpt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Ciência Políticapt_BR
dc.date.accessioned2019-08-27T16:13:45Z
dc.date.available2019-08-27T16:13:45Z
dc.date.issued2011pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/25878
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Carlos Schmidt Artuript_BR
dc.descriptionDissertaçao (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciencias Humanas, Letras e Artes, Programa de Pós-Graduaçao em Ciência Política. Defesa: Curitiba, 29/04/2011pt_BR
dc.descriptionBibliografia: fls.132-139pt_BR
dc.descriptionMEM - TOMBO 566075 Provável erro de digitação - Verificar 949 - CH conferido com livro - Yasmin.pt_BR
dc.description.abstractResumo: As relações comerciais de recursos energéticos entre o Brasil e a Bolívia iniciaramse em 1999, quando o gás natural boliviano começou a abastecer o mercado brasileiro através do gasoduto Bolívia-Brasil. Contudo, as primeiras negociações tiveram início na década de 1930, quando os países assinaram o primeiro tratado referente à intenção de comércio de petróleo, tratado este que não se efetivou. Ao longo do século XX, outras tentativas ocorreram, destacando-se os Acordos de Roboré, assinados na década de 1950, e um tratado assinado em 1974, visando o comércio de petróleo, gás e investimentos para a industrialização da Bolívia que, assim como ocorreu na década de 1930, não foram levados adiante. O gasoduto Bolívia-Brasil significou o êxito nas negociações entre os dois países, gerando uma situação real de comércio de recursos energéticos através do gás natural e, ao mesmo tempo, uma relação interdependente entre as partes. Ao passo que a relação tornou-se interdependente, também expôs o Brasil e a Bolívia a situações em que demonstraram certa vulnerabilidade no período. Diante deste fato, esta dissertação analisa o comércio de recursos energéticos entre Brasil e Bolívia e avalia a questão da interdependência, buscando a identificação dos elementos componentes de uma relação interdependente desde o período da aproximação, ao longo do século XX, até o ano de 2008, quando o comércio estava consolidado através do gás natural. Verificou-se que a relação entre os dois países formou-se principalmente motivada por necessidades complementares de ambas as partes e, em segundo plano, por um quadro favorável nos setores econômico, político e da opinião pública. Além disso, os custos e benefícios foram gerados e distribuídos de maneira assimétrica, variando de acordo com cada período. Concluiu-se ainda que os conflitos ocorridos, principalmente por ocasião da nacionalização dos hidrocarbonetos bolivianos em 2006, causaram significativas alterações na distribuição dos custos e no montante de benefícios de cada um dos atores, o que não significou, entretanto, o fim da relação de interdependência. As principais fontes de pesquisa de dados históricos são livros, periódicos, artigos científicos e jornais. Os dados quantitativos foram encontrados nas publicações dos órgãos governamentais ligados aos recursos energéticos e a legislação relacionada ao tema encontra-se no Diário Oficial da União, nos tratados e acordos e atas do Senado Federal.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The trade of energy resources between Brazil and Bolivia began in 1999 when the Bolivian natural gas began to supply the Brazilian market through the Bolivia-Brazil pipeline. However, the first negotiations began in the 1930s, when the parties signed the treaty on the intention to trade in oil that failed to materialize. Throughout the twentieth century, other attempts have occurred, highlighting the Roboré Accords, signed in the 1950s, and a treaty signed in 1974, aiming to trade in oil, gas and investment in the industrialization of Bolivia and as occurred in the 1930s, were not brought forward. The Bolivia-Brazil pipeline has meant success in the negotiations between the two countries, creating a real situation of trade in energy resources through natural gas and at the same time, an interdependent relationship between the parties. While the relationship has become interdependent, also expounded Brazil and Bolivia to situations in which they showed some vulnerability in the period. Given this fact, this dissertation analyzes the trade of energy resources between Brazil and Bolivia to assess the question of interdependence, seeking identification of the elements of an interdependent relationship since the period of approach throughout the twentieth century, until the year 2008 when the trade was consolidated by natural gas. It was found that the relationship between the two countries formed mainly motivated by the complementary needs of both parties and in the background, a favorable environment in the economic, political and public opinion. Moreover, the costs and benefits were generated and distributed unevenly, varying according to each period. It was also concluded that the conflicts that occurred mainly during the nationalization of Bolivian hydrocarbons in 2006, caused significant changes in the distribution of costs and benefits in the amount of each of the actors, which did not mean, however, the end of the interdependence in the relationship. The main sources of research data are historical books, periodicals, scientific papers and journals. Quantitative data were found in the publications of government agencies related to energy resources and legislation related to the theme is found in the official documents, treaties, agreements and records of the Senate.pt_BR
dc.format.extent138f. : il. [algumas color.], grafs., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectRelações comerciais - Internacionaispt_BR
dc.subjectBrasil - Relações comerciais internacionaispt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectBrasil - Relações exteriores - Boliviapt_BR
dc.subjectSociologiapt_BR
dc.titleAspectos da interdependência nas relações do Brasil com a Bolívia na questão energética (1930-2008).pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record