Show simple item record

dc.contributor.authorBattini, Okçanapt_BR
dc.contributor.otherInvernizzi Castillo, Noela, 1965-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.date.accessioned2020-02-20T13:46:17Z
dc.date.available2020-02-20T13:46:17Z
dc.date.issued2011pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/25723
dc.descriptionOrientadora: Profª Drª Noela Invernizzipt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Defesa: Curitiba, 21/02/2011pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo: Esta tese aborda o impacto das políticas avaliativas centradas na produtividade acadêmica –habitualmente chamadas de "produtivismo’-, na realização do trabalho do professor universitário e na sua identidade. Partimos do pressuposto discutido por Gentilli (1998) e Codo (2000) de que o trabalho e a identidade dos professores universitários fundamentam-se no principio da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão. Nesse contexto, buscamos mostrar como e em que direções a política avaliativa, impacta a realização desse trabalho e sua identidade. Tendo esse pano de fundo, analisamos o processo de formulação da política avaliativa no país, formulada pelo MEC, através do INEP e da CAPES para avaliar o impacto das normativas do SINAES e da avaliação dos programas de pós-graduação no que diz respeito ao trabalho docente. A partir disso, mostramos como essas normativas estabelecem indicadores de produtividade para as instituições de ensino superior, objetivando mensurar o trabalho do professor. Afirmamos que desse processo cria-se uma espécie de ranqueamento entre as instituições de ensino superior no Brasil, estabelecendo um novo perfil das relações universitárias e do seu corpo docente. Nossa hipótese centra-se que esse ranqueamento entr as instituições e professores, oriundos do produtivismo acadêmico, tem gerado processos de intensificação e precarização das relações de trabalho, resultando em um processo de polarização entre os professores tidos como "produtivos" e "improdutivos". Essa polarização vem indicando um esgarçamento do elemento constituinte do trabalho e da identidade do professor universitário: a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão. Para melhor compreendermos esse processo realizamos um estudo de caso para analisar as relações de trabalho dos professores nos cursos de raduação em Pedagogia e Mestrado em Educação da Universidade Estadual de Londrina. Buscamos através da análise dos documentos referentes a política de avaliação da Universidade Estadual de Londrina, bem como da fala dos entrevistados, captar os impactos do produtivismo acadêmico no direcionamento do seu trabalho e da sua identidade enquanto professor do ensino superior. O trabalho concluiu que a olarização do corpo docente entre professores da pesquisa e professores do ensino, entre os de graduação e de pós-graduação e, até entre os do mesmo nível, trazem alguns indicativos para pensarmos que está ocorrendo um processo de transformação da identidade docente, historicamente sustentada pela indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão. Esses indicativos apontam para um possível redesenhar do trabalho e da identidade, em razão do deslocamento da relação entre ensino, pesquisa e extensão para a relação pesquisa e ensino.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This thesis addresses the question of work and the identity of the university professor, focusing on the impact of evaluation policies sustained in academic productivity, during this work. We start from the assumption that the work and the identity of university professor are based on the principle of indivisibility of teaching, research and extension. In this context, we show how and in what direction the evaluation policy, based on academic productivity, impacts the achievement of university professors work incurring on the perception of his identity. Having this background we analyze the process of evaluation policy formulation, based on normatives of SINAES and Capes regarding the teaching. From t is, we show how these normatives establish productivity indicators for institutions of higher education, aiming to measure the professor's work. We believe that this process creates, even if overtly, a kind of ranking of higher education institutions in Brazil, bringing a new profile in the university relations and its faculty. Thus our hypothesis is that ranking among institutions of higher education and professors, has generated a process of polarization between the faculty, taken as a "productive" and "unproductive" university professors, indicating the scission of the constituent element of the work and the identity of the professor: the indivisibility between teaching, research and extension. This process is leading to mischaracterization, intensification and recarization of the professor's work at the university. To better understand this process we went through a case study to examine the working relationships of professors in undergraduate courses in Pedagogy and Masters in Education at the Universidade Estadual de Londrina, as well as the impacts of academic productivity in directing their actions and their identity. The study concluded that the polarization between faculty research professors and teachers, between undergraduate and postgraduate, and even among the same level, bring some pointers to think about what is going on a transformation of identity teaching, historically supported by the integration between teaching, research and extension. These indication point to a possible redesign of work and identity, because of the shift the relationship between teaching, research and extension to the relationship between research and teaching.pt_BR
dc.format.extent213 f. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectTeses - Educaçãopt_BR
dc.subjectPublicações cientificas - Professores - Universidade Setadual do Paranápt_BR
dc.subjectProfessores universitáriospt_BR
dc.subjectProfessores universitários - Avaliaçãopt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.titleProdutividade acadêmica e políticas avaliativas no ensino superior : intensificação do trabalho e descaracterização da identidade docente no Departamento de Educação da Universidade Estadual de Londrinapt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record