Show simple item record

dc.contributor.authorAntunes, Diego Robertopt_BR
dc.contributor.otherSánchez García, Laura, 1957-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Exatas. Programa de Pós-Graduaçao em Informáticapt_BR
dc.date.accessioned2011-06-15T11:32:40Z
dc.date.available2011-06-15T11:32:40Z
dc.date.issued2011-06-15
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/25642
dc.description.abstractResumo: A Língua de Sinais Brasileira e a ferramenta necessária aos membros das comunidades de surdos no Brasil para a comunicação, a educação e o acesso á informação, processos imprescindíveis para efetivar a sua inclusão na sociedade. Embora a Língua de Sinais Brasileira seja oficializada por lei, os surdos ainda encontram dificuldades em relação ao seu uso em diferentes contextos tais como na educação, na produção e registro do conhecimento e na comunicação entre si e com a sociedade em geral. Os sistemas de informação são de grande valia para minimizar estas dificuldades, mas, muitas vezes, impõem barreiras de acesso e uso ás pessoas surdas. Uma das limitações nestes artefatos é que a interação não é natural aos surdos, pois a comunicação via interface não é mediada pela Língua de Sinais, considerada a sua primeira língua pelos estudiosos. A partir de um entendimento claro das constantes dificuldades vivenciadas pelas pessoas surdas, este trabalho tem o intuito de propor uma base capaz de permitir usar a tecnologia para construir artefatos que auxiliem estes indivíduos no exercício da cidadania plena. Neste sentido, o trabalho apresenta o desenvolvimento de um modelo para a descrição computacional dos aspectos fonológicos dos sinais, que agrega flexibilidade e um nível de detalhamento capazes de proporcionar alternativas para um tratamento computacional robusto e para auxiliar ás diferentes necessidades de aplicação. Este modelo e fundamental, pois atuar á como um dos pilares de sustentação na construção de artefatos tecnológicos que considerem as necessidades deste perfil de usuário e tornem a comunicação usuário sistema natural para ele. Com este objetivo, foram estudados diversos modelos da literatura que descrevem os aspectos articulatórios que constituem os sinais. O modelo proposto foi validado por um especialista em Língua de Sinais Brasileira e por meio da descríção de sinais da língua. Além disso, as reuniões realizadas com membros da omunidade de surdos proporcionaram resultados adicionais importantes para o desenvolvimento de trabalhos futuros.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectLíngua de sinaispt_BR
dc.subjectFoneticapt_BR
dc.titleUm modelo de descrição computacional da fonologia da língua de sinais brasileirapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record