Show simple item record

dc.contributor.authorZardo, Eduardo Luispt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Biológicas. Programa de Pós-Graduaçao em Ciencias Biológicas (Microbiologia, Parasitologia e Patologia Básica)pt_BR
dc.contributor.otherVicente, Vania Aparecidapt_BR
dc.contributor.otherPimentel, Ida Chapavalpt_BR
dc.contributor.otherMartins, Marilia Compagnonipt_BR
dc.date.accessioned2011-06-13T14:27:44Z
dc.date.available2011-06-13T14:27:44Z
dc.date.issued2011-06-13
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/25632
dc.description.abstractResumo: O objetivo deste estudo foi investigar in vitro a capacidade de infiltracao bacteriana atraves da interface implante/conector protetico em sistemas de implantes dentarios de conformacao hexagonal. Para a obtencao dos isolados bacterianos, amostras de saliva e subgengivais foram coletadas de 4 pacientes voluntarios que apresentavam doenca periodontal, segundo aprovacao do Comite de Etica em Pesquisa responsavel. Apos o cultivo, os micro-organismos isolados foram caracterizados por meio de testes bioquimicos e selecionados para os ensaios in vitro. No estudo da infiltracao bacteriana in vitro foram utilizados um total de 34 modelos de implantes comerciais SYSTHEXR, com os respectivos conectores proteticos de conformacoes Hexagono Interno (HI) e Hexagono Externo (HE). Os implantes testados receberam 0,1 ƒÊL de inoculo contendo mistura dos micro-organismos previamente selecionados, Aggregatibacter actinomycetemcomitans e Streptococcus oralis, os quais foram introduzidos na regiao interna do implante. Os respectivos conectores proteticos foram adaptados e fechados seguindo as especificacoes do fabricante. As unidades foram incubadas em caldo BHI (Brain Heart Infusion) esterilizado durante periodo maximo de 20 dias, com amostragens diarias visando detectar a presenca de crescimento bacteriano por meio turbidez do meio de cultura. Quando na observacao de turbidez ou apos o periodo de incubacao, as amostras eram fixadas para observacao em Microscopia Eletronica de Varredura (MEV) com aumentos variando de 20X a 4000X. Ambos os modelos de conexoes apresentaram infiltracao bacteriana, em intensidades diferentes. Apos analise, houve correlacao estatisticamente significativa entre a media das maiores distancias na interface implante/conector protetico e o nivel infiltracao bacteriana. O melhor sistema de selamento entre as conformacoes estudadas, em relacao a infiltracao bacteriana, pareceu ser a conformacao Hexagono Externo.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectImplante dentario endoosseopt_BR
dc.subjectInfiltração dentáriapt_BR
dc.titleAvaliação in vitro da infiltração bacteriana na vedação de diferentes sistemas de implantes dentáriospt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record