Show simple item record

dc.contributor.authorArruda, Giselept_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Biológicas. Programa de Pós-Graduaçao em Bioquímicapt_BR
dc.contributor.otherMartinez, Glaucia Reginapt_BR
dc.contributor.otherWinishofer, Sheila M.Bpt_BR
dc.contributor.otherNolero, Guilhermina Rodriguespt_BR
dc.date.accessioned2011-04-27T13:25:36Z
dc.date.available2011-04-27T13:25:36Z
dc.date.issued2011-04-27
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/25546
dc.description.abstractResumo: Senescencia celular e um processo natural caracterizado principalmente pela parada do crescimento, enquanto que as celulas cancerosas proliferam indefinidamente. Entretanto, descobertas recentes mostraram que celulas de melanoma podem ainda sofrer senescencia induzida por oncogenes ou pelo estresse. Considerando-se que a senescencia pode tambem ser explorada como uma estrategia terapeutica m pacientes com melanoma, o nosso principal objetivo foi investigar o papel do oxigenio molecular singlete (1O2) gerado pela fotossensibilizacao com Rosa Bengala (RB) e luz visivel na senescencia de celulas de melanoma murino (B16-F10) e melanocitos murinos (Melan-a). Como as celulas de Melan-a crescem na presenca do estimulador da proliferacao celular PMA (forbol 12-miristato 13-acetato), ensaios com B16-F10 foram realizadas na presenca e na ausencia deste composto em meio de cultura como controle. bservou-se diminuicao na viabilidade de celulas B16-F10 avaliada pelo ensaio de azul de tripan apos 24 e 48 h na presenca de PMA sem irradiacao (8,4%) e apos 96 h em celulas sem PMA, mas irradiadas na presenca de RB (6,1%). Observouse aumento da atividade da senescencia celular (ensaio ƒÀ-galactosidase) em elulas B16-F10 sem PMA, apos 48h da irradiacao na presenca de RB (300%) e em celulas B16-F10 com PMA, apos 48h da irradiacao na presenca e ausencia de RB (presenca: 500%; ausencia: 150%), mas esse efeito e menos intenso a partir de 96h. Nao foram observadas diferencas na analise de ciclo celular por Citometria de Fluxo e nenhuma alteracao foi observada em celulas Melan-a em todos os ensaios. Embora ossos resultados mostrem a inducao da atividade ƒÀ-galactosidase em celulas de melanoma em certas condicoes, a analise do ciclo celular nao indica parada do crescimento, por isso sugerimos que este ratamento esta afetando a sinalizacao, mas ainda outros dados moleculares sao necessarios para confirmar esse processo de senescencia celular.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectMelanomapt_BR
dc.titleAvaliação da senescência celular em melanócitos e células de melanoma pela ação do oxigênio molecular singletept_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record