Show simple item record

dc.contributor.authorAndreolla, Veruschka Rocha Medeirospt_BR
dc.contributor.otherBona Filho, Amadeupt_BR
dc.contributor.otherMoraes, Anibal de, 1956-pt_BR
dc.contributor.otherCardoso, Décio Lopespt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Agronomiapt_BR
dc.date.accessioned2011-04-07T11:41:50Z
dc.date.available2011-04-07T11:41:50Z
dc.date.issued2011-04-07
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/25478
dc.description.abstractResumo: No Sistema Integração Lavoura – Pecuária, o pisoteio animal pode alterar as condições físicas do solo e afetar o bom desenvolvimento das culturas, diminuindo a sua produtividade. O objetivo deste trabalho foi estudar a influência do pastejo e das doses de nitrogênio em atributos físicos do solo e na produtividade da cultura do feijão e do milho em um sistema de integração lavoura-pecuária. O delineamento foi de blocos ao acaso com parcelas subdivididas e 3 repetições. As parcelas foram constituídas, no inverno, pelas dosagens de nitrogênio 0, 75, 150 e 225 kg ha-1, em pastagem de azevém (Lolium multiflorum Lam.) e no verão pela cultura do feijão (Phaseolus Vulgaris Lam.) e do milho (Zea mays Lam.). As subparcelas foram com e sem pastejo. O pastejo com ovinos, em sistema de lotação contínua, com carga animal variando de 808 kg a 1.485 kg de peso vivo, sob pastejo em período chuvoso e manutenção da massa de forragem de azevém entre 581 kg ha-1 e 1.466 kg ha-1, não compromete a qualidade física do Latossolo Bruno. O pastejo e a adubação nitrogenada da pastagem de inverno garantem elevada produtividade do feijão e do milho sem receber doses de nitrogênio. Os valores médios encontrados de rodutividades do feijão e do milho foram de, respectivamente, na área com pastejo de 3.012 kg ha-1 e 10.220 kg ha-1 e na área sem pastejo de 2.937 kg ha-1 e 9.636 kg ha-1, mesmo em baixas doses de nitrogênio. A Macroporosidade do solo até o valor de 0,09 m3 m-3, não limita a produtividade do feijão no sistema de Integração Lavoura-Pecuária. A influência do pisoteio pelos ovinos sobre a resistência do solo à penetração foi mais acentuada até os 10 cm iniciais; os resultados dos ensaios de compactação em laboratório mostraram-se consistentes com os perfis de resistência do solo à penetração no campo. O pastejo aumenta significativamente a densidade absoluta máxima do solo no tratamento com maior dose de nitrogênio, havendo uma tendência de diminuir essa com o cultivo subseqüente.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleIntegração lavoura-pecuáriapt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record