Show simple item record

dc.contributor.advisorRocha, Helio Olympio da, 1940-pt_BR
dc.contributor.authorMuratori, Ana Maria, 1942-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Engenharia Florestalpt_BR
dc.date.accessioned2013-06-03T16:50:58Z
dc.date.available2013-06-03T16:50:58Z
dc.date.issued2013-06-03
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/25431
dc.description.abstractEsta pesquisa discutiu a relação entre o relevo e as Areias Quartzosas no sistema ambiental da região noroeste do Estado do Paraná, na região sul do Brasil, que apresenta, como característica principal, uma paisagem com solos arenosos. Estes solos são suscetíveis a processos erosivos acelerados, que ocorrem em presença de uma formação superficial, disposta sobre o capeamento sedimentar, constituído pelo Arenito Caiuá, do Cretáceo. A dinâmica desta paisagem foi alterada, a partir da década de 40, quando a região passou a ser ocupada pelas frentes agrícolas cafeeiras. A vegetação, constituída pela Floresta Estacionai Semidecidual, foi eliminada, trazendo como resultados a degradação dos solos e da paisagem. Verificou-se, entretanto, que o desencadeamento destes processos está sujeito a algumas condições de relevo e de solo, ou seja, a compartimentos morfológicos específicos, os anfiteatros, em áreas de nascentes de rios, onde se encontram exposições de Areias Quartzosas, aliadas a lineamentos geológicos. Tendo como objetivo explicar estas relações, utilizou-se a visão sistêmica de JENNY (1941), para solos, aplicando-a ao relevo para compreender a paisagem. Nesta abordagem, discutiu-se, de forma integrada, a geologia, o clima, os organismos e a interferência antrópica, na sucessão do tempo. Avaliou-se estes fatores através de estudos efetuados em uma área-teste, no município de Rondon, na região noroeste do Paraná. Para tanto, foram utilizados os procedimentos metodológicos do âmbito da geomorfologia e dos solos, tais como fotointerpretação sistemática, trabalhos de campo com coletas de amostras, análises de laboratório, além do uso da magnetometria, um método geofísico auxiliar no mapeamento geológico-estrutural. Discutiu-se a influência dos fatores tectônico-estruturais, diretamente, no relevo e, indiretamente, pela disposição das Areias Quartzosas, em concordância com padrões radiais centrífugos e anulares ou, ainda, junto a segmentos retilíneos da rede de drenagem. Foi elaborado um mapa magnético residual de uma destas áreas, no município de Rondon, o qual contribuiu para explicar que as formas anômalas de distribuição espacial das Areias Quartzosas, em porções específicas de relevo, estão associadas a estruturas dômicas. De forma complementar, foi construído um mapa geomorfológico, identificando-se, através das características de relevo, os anfiteatros de erosão, junto às redes de drenagem, onde dominam as Areias Quartzosas. Desta maneira, verificou-se a interferência dos fatores tectônico-estruturais em formas de relevo, determinando, parcialmente, a presença das Areias Quartzosas, no sistema ambiental. A atuação antrópica, nestas feições, acelera os processos de uma dinâmica natural, tornando a paisagem da região noroeste do Paraná, muito frágil, em temos ambientais.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectSolos arenosos - Paranápt_BR
dc.subjectSolos - Formação - Paranápt_BR
dc.subjectGeomorfologia - Aspectos ambientais - Paranápt_BR
dc.subjectSolos - Erosão - Paranápt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleProcessos interativos entre o relevo e as areias quartzosas no sistema ambiental da região Noroeste do Parana - Brasilpt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record