Show simple item record

dc.contributor.advisorZanette, Fláviopt_BR
dc.contributor.authorMello, Leonel Neves do Cantopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Engenharia Florestalpt_BR
dc.date.accessioned2013-06-17T18:43:32Z
dc.date.available2013-06-17T18:43:32Z
dc.date.issued2013-06-17
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/25397
dc.description.abstractA micropropagação de Dalbergia nigra (Fr. Aliem) foi estabelecido a partir de plântulas originadas de sementes germinadas "in vitro". A germinação consistiu de tratamentos onde foram testados agentes antioxidantes no meio de cultura, agentes desinfestantes, presença ou ausência do tegumento da semente. A maior taxa de germinação (73,3%) foi obtida quando a semente foi embebida em água (8 horas), desinfestada em peróxido de hidrogênio 40% (v/v) e inoculada sem tegumento em meio MS suplementado com PVP 25 (1g/l). As plântulas forneceram tres tipos de explantes para a primeira fase de multiplicação (ápice, centro caulinar e nó cotiledonar). Nesta fase foram analisados número de brotações, comprimento de brotações e incremento foliar dos tres tipos de explante em 12 meios de cultura. A maior taxa de multiplicação foi obtida pelo nó cotiledonar no meio MS suplementado com 2,0 uM BAP (2,7 brotações). O maior comprimento de brotações foi alcançado pelo ápice caulinar (1,54 cm) quando submetido ao meio MS suplementado com 10 uM BAP. O maior incremento foliar foi obtido pelo nó cotiledonar (4,2 folhas) quando submetido ao meio MS suplementado com 2,0 uM BAP. Após tres subculturas de 35 dias foram analisados o comprimento das brotações e a taxa de multiplicação em 12 meios de cultura. Para o comprimento das brotações o meio que produziu maior resposta (1,3 cm) foi o MS suplementado com 10 uM BAP, enquanto para multiplicação foi o MS adicionado de 2,0 uM BAP (3,1 brotações). Explantes mais alongados foram obtidos em meio MS/2 sem suplementação de reguladores de crescimento. O enraizamento de 93.3 % das brotações foi alcançado com MS/2 suplementado com 4,0 uM de ANA. A aclimatação garantiu 62,5% de sobrevivência das plântulas quando estas foram mantidas durante 30 dias em tubo de ensaio contidos de vermiculita e MS líquido antes de serem transplantados para o solo em casa de vegetação.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectArvores - Propagação-in vitropt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleMicropropagação de Dalbergia nigra (Fr.Allem) a partir de sementes germinadas "in vitro"pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record