Show simple item record

dc.contributor.advisorHoeflich, Vitor Afonso, 1949-pt_BR
dc.contributor.authorBaena, Eliseu de Sousapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Engenharia Florestalpt_BR
dc.date.accessioned2013-05-21T16:45:38Z
dc.date.available2013-05-21T16:45:38Z
dc.date.issued2013-05-21
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/25306
dc.description.abstractO presente estudo teve como objetivo principal avaliar a rentabilidade econômica da resinagem em povoamentos florestais com pinus implantados no Sul do Estado do Parana e Sul e Sudoeste do Estado de Sao Paulo. A resina e um produto da exudaçao de pinus, constitui-se de breu e terebintina, utilizados nas industrias quimicas e farmaceuticas. Com um valor de produçao superior a US$ 21 milhoes anuais, a resina e economicamente importante para o Estado de Sao Paulo, carecendo, entretanto, de informações sobre sua viabilidade economica na regiao Sul do Estado do Parana, a qual apresenta temperaturas mais baixas. Como metodo de analise economica fez-se o uso de tecnicas correntes de comparaçao de investimentos, aplicadas sobre fluxos de receitas e despesas de florestas com rotação de 25 anos, desbastadas pelo sistema germanico, tradicional nas regioes estudadas. Comparou-se estes fluxos de caixa elaborados com dados "pessimistas", "provaveis" e "otimistas". o preço utilizado para a resina foi de US$ 300,00/t, definido pela analise de regressao aplicada sobre serie histórica de preços. Procedeu-se a simulaçao de cenarios com preços com variaveis de US$ 40,00 para cima e para baixo do preço ·provavel, analisando-se os resultados neste intervalo de preços. A analise utilizou-se de dados de florestas nao resinadas, para efeito de comparaçao com florestas resinadas "em vida", "à morte" e geneticamente melhoradas para alta produçao em resina. Em nenhuma das alternativas programou-se resinagem nas arvores de corte final, reservadas para laminaçao. Visando encontrar respostas para duvidas de proprietarios e empresarios florestais, simulou-se perdas de incremento em madeira, a nivel de 5%, 15% e 30% e procedeu-se à analise de sensibilidade economica para ganhos geneticos a 25%, 50% e 75% sobre os volumes tradicionais. Utilizou-se taxas de juros de 6% a.a., 9% a.a. e 12% a.a para o desconto das alternativas pertinentes. As principais conclusoes indicaram que houve semelhança nos resultados obtidos tanto com base no Valor Presente Líquido - VPL, na relação Beneficio Custo - BIC e na Taxa Interna de Retorno -TIR. Tal coerencia levaria à mesma tomada de decisao, qualquer que fosse o metodo utilizado. Ficou evidenciada a viabilidade economica nas condições mais frias do Estado do Parana, com aumento da rentabilidade em todas as alternativas que consideram a resinagem, em comparação a florestas nao resinadas. Isso representa nova receita, ainda considerada secundaria, ao proprietario da floresta. Na alternativa, resinada "em vida", no Parana, nas condições "provaveis" e esperadas, de 15% de perda de incremento e taxa de juros de 9% a.a., o VPL foi de US$ 661,55/ha e o BIC, de 1,29 contra US$ 73,55/ha negativos e consequente BIC de 0,96, nas nao resinadas. Nas mesmas alternativas, as TIR foram 12% contra 8,60%, respectivamente. Para o caso da aplicação de tecnicas e tecnologia aventadas surtirem os efeitos comprovados em outros sitios, as alternativas otimistas de florestas com perda de 5% em incremento, ganho genetico de 75% e taxa de juros de 6% a.a. o VPL foi de US$ 4.286, 11/ha e o BIC, 2,30. A TIR foi de 17,50%, contra 8,60% da nao resinada. Os resultados do Sul e Sudoeste do Estado de Sao Paulo foram considerados semelhantespt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectResinagem de arvores - Paranápt_BR
dc.subjectResinagem de arvores - São Paulopt_BR
dc.subjectResinagem de arvores - Aspectos economicospt_BR
dc.subjectResina de pinheiropt_BR
dc.subjectPinus elliottiipt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectViabilidade economicapt_BR
dc.titleAnalise da viabilidade economica da resinagem em Pinus elliottii Engelm. var. elliottii nas regiões Sul do Estado do Parana e Sul e Sudoeste do Estado de São Paulopt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record